×
Loading ...

Sinais de uma calopsita botando um ovo

Capazes de acasalar e produzir ovos em questão de dias, as calopsitas (ou caturras) são uma das aves de estimação mais fáceis de serem criadas em cativeiro. Criadores bem-sucedidos sabem observar de perto as dicas físicas e comportamentais das suas calopsitas para prevenir quaisquer problemas potenciais quando a fêmea estiver pronta para botar seus ovos.

As calopsitas demonstram vários sinais comportamentais e físicos pouco antes de botarem seus ovos (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Processo

As calopsitas fêmeas são capazes de acasalar e produzir ovos aos 5 meses de idade, mas a maioria dos criadores aconselham esperar até os 18 meses para uma saúde e comportamento parental melhores. Cada fêmea nasce com dois ovários e dois ovidutos, mas apenas um de cada é usado na reprodução. Uma vez que os hormônios do acasalamento são estimulados por fatores tais como longos períodos de luz e temperaturas quentes, a gema de um ovo vai se desenvolver no ovário, e depois passar por um oviduto. Neste ponto, se a fêmea tiver sido fecundada com sucesso, o ovo será fertilizado. Mesmo que não tenha sido o caso, o ovo não-fertilizado pode continuar a se formar. Depois ele passa para o útero, onde a casca se forma em cerca de um dia. Em seguida, o ovo passa pela cloaca e sai pela abertura da ave. O processo inteiro dura dois a três dias. Calopsitas tipicamente botam cerca de dois a oito ovos, e a fêmea botará um ovo aproximadamente a cada dois dias, até que os ovos se acabem.

Loading...

Sinais físicos

Um sinal iminente de que a calopsita botará um ovo é quando suas fezes ficam muitos grandes e malcheirosas. Uma ave defeca e bota os ovos por meio da mesma abertura, então, as fezes às vezes ficarão retidas na ave até que o ovo saia. Uma calopsita que esteja pronta para botar parecerá estar mais pesada. A área da abertura e do abdome inferior ficarão protuberantes e parecerão maiores por conta do ovo. Ela ficará mais firme também. Uma calopsita fêmea também pode agitar suas penas para aquecer mais seu corpo pouco antes de botar.

Sinais comportamentais

Você notará uma mudança comportamental na calopsita conforme ela se torna o que chamamos de "choca" logo antes de botar seu ovo. Ela vocalizará mais, frequentemente gritando e choramingando, além de se agachar no seu ninho ou ao longo do fundo da gaiola. Suas asas vão tremer. As calopsitas fêmeas prestes a botar ovos agem de maneira ansiosa. A necessidade de encontrar uma área adequada para fazer seu ninho vai aumentar, e a ave pode rasgar os jornais no fundo da gaiola ou tentar encontrar lugares escondidos para ficar. Uma fêmea naturalmente doce pode se tornar protetora e hostil durante esse período, porque ela está se sentindo desconfortável e territorial. Ela também pode começar a beber mais água porque os ovos precisam de muita água durante sua formação.

Problemas

Uma das complicações mais comuns que uma calopsita pode sofrer é a ligação de ovo. Isso é quando o ovo fica grudado dentro da ave, frequentemente porque não se formou de maneira adequada devido à falta de nutrientes, como o cálcio. Isso pode matar a fêmea dentro de horas. Se sua ave estiver exibindo os sinais físicos e comportamentais associados ao momento de botar o ovo, observe-a de perto. Se ela começar a agir de maneira apática, enfraquecida e parar de comer enquanto bota os ovos, procure ajuda veterinária imediatamente. Outras complicações, como um útero o cloaca prolapsos, são associados com excesso de reprodução. É melhor uma calopsita fêmea não botar mais que duas ninhadas de ovos por ano.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...