O que acontece durante um funeral judaico?

Escrito por john c. erianne | Traduzido por vanessa santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que acontece durante um funeral judaico?
É tradição os enlutados colocarem pedras no túmulo do falecido durante o funeral judaico (Uriel Sinai/Getty Images News/Getty Images)

O funeral judaico é conduzido de acordo com as leis e tradições talmúdicas. Diferente do funeral de outras religiões, o propósito do serviço não é confortar os membros familiares e amigos de luto, mas honrar a vida e memória do falecido. Um funeral judaico consiste em rasgar as vestes, o serviço, o processo funerário e o enterro.

Outras pessoas estão lendo

O rasgar das vestes

Sete parentes adultos do falecido tem o dever de realizar o Keriah, ou rasgar das vestes. Estão incluídos mãe, pai, cônjuge, irmãos e filhos. Esse ritual acontece antes do enterro, permitindo aos enlutados expressar seus sentimentos através de um ato destrutivo simbólico, e não em uma explosão emocional.

O serviço funerário

O serviço funerário judeu é breve, e significa homenagear o caráter e dignidade do falecido. O serviço tradicional normalmente ocorre na casa do falecido ou em um cemitério. No entanto, hoje é aceitável realizar o serviço em uma sinagoga ou uma capela neutra. O serviço consiste na leitura de salmos escolhidos adequando-se à vida do falecido, uma oração em memória e elogio, que é a parte principal do serviço. Um amigo ou membro da família expressa as virtudes do falecido e a sensação de perda que ele está sentindo.

O cortejo fúnebre

Os carregadores do caixão são geralmente escolhidos pela família e amigos do falecido. No entanto não é obrigatório que membros familiares carreguem, o que é necessário é que apenas judeus realizem essa função. A procissão para o local do enterro é notada por várias pausas para rituais. De acordo com a tradição, a procissão é interrompida sete vezes. Durante a mesma, os enlutados recitam o Salmo 91, a "Canção do Espírito".

O enterro

Tradicionalmente, um judeu falecido é enterrado dentro de 24 horas da morte, a menos que haja alguma circunstância que impeça isso. A lei judaica exige que ninguém aplique cosméticos ou embalsame o corpo. Em vez disso, o corpo é tratado com o taharah, um ritual de limpeza para preparar o corpo para o enterro. Um tutor designado, conhecido como Somer, geralmente um membro da família ou amigo do falecido, vela o corpo até o serviço começar. O falecido deve ser enterrado na terra e o túmulo deve ser cheio antes do início de recessão. Os enlutados andam pelo túmulo recitando palavras de conforto ou colocando uma pedra sobre o túmulo. Isso marca o começo do período oficial de luto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível