Mais
×

Como fazer um aquário de águas-vivas

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Águas-vivas não são comuns em aquários caseiros, e por um bom motivo: suas demandas por água de alta qualidade, por uma iluminação perfeita, por um sistema de filtragem delicado mas forte e os hábitos de alimentação específicos fazem com que elas sejam extremamente difíceis de se cuidar. Montar um aquário perfeito para águas-vivas é o primeiro passo para manter tipos comuns de água-viva, como a medusa-da-lua e a Cassiopea. Esteja ciente de que um aquário para águas-vivas deve conter somente águas-vivas e de que qualquer pessoa pensando em manter esse tipo de aquário deve ter pelo menos alguma experiência com aquários de água salgadas.

Instruções

Um tanque adequado para águas-vivas deve ter uma filtração forte mas com correntes leves, para não danificar os corpos delicados (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)
  1. Coloque o aquário em uma área onde ele não irá receber muita luz solar direta. A iluminação será feita pelas lâmpadas fluorescentes de alta voltagem que você irá instalar mais tarde. Muita luz direta irá causar o surgimento de muitas algas. O tanque deve ser redondo porque as águas-vivas podem ficar presas nos cantos de um aquário cúbico comum.

  2. Enxágue o cascalho para aquários em água fresca para remover qualquer areia e detritos, e coloque uma camada de 2,5 cm no fundo do aquário. O cascalho, que deve ser angular e poroso, irá oferecer a superfície para o crescimento de bactérias benéficas.

  3. Enxágue as bolinhas de vidro em água fresca para remover areia e detritos e coloque-as sobre o cascalho. Faça uma mamada de mais ou menos 2,5 cm. Essa camada irá evitar que as águas-vivas se arranhem no cascalho.

  4. Monte o filtro de acordo com as instruções do fabricante. Ele deve ser um filtro interno, o que significa que ele fica completamente dentro do aquário, para não criar correntes turbulentas quando ele expelir a água filtrada. Idealmente, o filtro deve ter uma base circular que contenha a esponja e o carvão ativado (filtro médio) a em tubo de bolhas vertical que expele a água limpa. No entanto, o modelo dos filtros internos pode variar. Mas certifique-se de que o filtro é interno (confirme com um funcionário da loja na hora da compra) e mais do que potente o suficiente para o tamanho do aquário, já que a água precisará ser mantida muito limpa.

  5. Coloque o filtro no centro do aquário, prendendo a base no cascalho. Passe o fio para ligar ao longo do tubo vertical e para fora do aquário. Uma dica é enrolar o fio ao longo do tubo, para que ele fique mais seguro e preso melhor.

  6. Encha o tanque com água fresca e adicione o sal para aquário. Use um hidrômetro para medir a salinidade -- encha o copo do hidrômetro com a água e observe para onde a agulha aponta. Idealmente, a salinidade da água deve estar em torno de 1024 ppt (partes por trilhão). Se estiver muito baixa, adicione mais sal. Se estiver muito alta, dilua adicionando mais água fresca.

  7. Coloque o aquecimento ajustável dentro do aquário e ajuste a exatamente 23º C. A temperatura exata das as águas-vivas irá depender da espécie, já que algumas, como a medusa-da-lua, preferem temperaturas mais frias, em torno de 18º C.

  8. Coloque as luzes sobre o aquário e as mantenha ligadas por pelo menos doze horas por dia. Elas devem ser VHO de iodetos metálicos e oferecer 8 watts por 3,5 litros de água. Os requerimentos de iluminação para águas-vivas são similares aos de aquários de corais. Um timer para as luzes pode ser usado, para que você não precise ligar e desligar elas manualmente todos os dias.

  9. Ligue o filtro e adicione um agente removedor de cloro apropriado. Eles veem na forma líquida e removem químicos como amônia e cloro. Espere pelo menos um mês para o tanque fazer um ciclo, deixando o aquário ligado, antes de adicionar qualquer água-viva.

Dicas

  • As águas-vivas devem ser alimentadas com artêmias e pequenos plâncton, que podem ser comprados em qualquer loja de animais ou pela internet.
  • Coloque somente uma água-viva no tanque no começo, como um teste. Se ela viver por um mês e continuar saudável, você pode colocar mais águas-vivas sem se preocupar. Se ela morrer, você obviamente precisa fazer alguns ajustes.
  • Você pode importar um kit para aquário esférico de águas-vivas, no link abaixo, que inclui tudo que você precisa, até mesmo o filtro.

O que você precisa

  • Aquário de vidro, esférico, 75 litros ou mais
  • Filtro interno de esponja com carvão ativado e tubo de bolas vertical
  • Lâmpadas fluorescentes de alta voltagem de iodetos metálicos (em torno de 8 watts para cada 3,5 litros, lâmpada e acessórios de fixação)
  • Cascalho para aquário
  • Esferas de vidro (bolitas de vidro)
  • Hidrômetro
  • Sal para aquário
  • Aquecimento ajustável
  • Agentes removedores de cloro
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article