Atividades para fazer com as crianças utilizando raízes de plantas

Escrito por darci pauser | Traduzido por l. gutemberg
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Atividades para fazer com as crianças utilizando raízes de plantas
Raízes normalmente só podem ser vistas quando uma planta é retirada do solo (roots of lettuce image by MAXFX from Fotolia.com)

As raízes das plantas são quase sempre subterrâneas. Por isso, muitas vezes não vemos ou mesmo notamos os importantes papéis que elas desempenham na saúde e crescimento dos vegetais. As raízes ancoram as plantas no solo, absorvem água e nutrientes para as hastes, e alimentam microrganismos simbiontes da planta. Há muitas atividades que ajudam as crianças a aprenderem sobre estes e outros aspectos das raízes.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de raiz

Existem muitos tipos de raízes na natureza. Plante um jardim com ervas, cenouras, rabanetes e cebolas. Arranque-as quando em seu pico para examinar os diferentes tipos de raízes. Alternativamente, puxe alguns tipos diferentes de plantas já crescidas em seu quintal e identifique o seu tipo de raiz conforme o gráfico vPlants relacionado abaixo. Tipos de raízes incluem rebento (ou bulbos), raiz principal, fibrosa, rizoma e tubérculo. Pergunte às crianças porque elas acham que estas plantas têm raízes tão diferentes.

Recipientes de constrição

Esta atividade mostra que o espaço para as raízes crescerem é importante para a saúde geral de uma planta. Encontre vários recipientes de tamanhos variados, tão pequenos como 5 centímetros de altura e 5 cm de diâmetro, sem furos na parte inferior. Faça as crianças encherem os recipientes com vermiculita ou perlita. Plante o mesmo tipo de sementes em cada uma. Alimente as plantas com a mesma quantidade de adubo e água. Assista as plantas crescerem por um mês, ou até que uma diferença seja perceptível entre as plantas menores e maiores dos recipientes. Faça as crianças retirarem as plantas e examiná-las. As crianças mais jovens podem simplesmente olhar para as plantas, enquanto as mais velhas podem medir e registrar a diferença no caule e o crescimento da raiz de cada uma. Pergunte às crianças por que elas acham que o crescimento das plantas variou de pote para pote.

Variando os solos

O tipo de solo pode afetar a forma como as raízes crescem. Encontre quatro recipientes do mesmo tamanho, sem furos de drenagem, tais como recipientes de iogurte de 1 litro. Peça às crianças para preencherem cada um com um tipo de solo diferente: areia pura, metade areia e metade barro, argila pura, e uma mistura igual de areia, argila e vermiculita. Plante sementes do mesmo tipo em cada vaso na mesma profundidade. Pergunte às crianças o que elas acham que irá acontecer com as raízes em cada tipo de solo. Assista às plantas crescerem por duas semanas. Peça às crianças para puxarem as plantas e examinarem as raízes e a saúde geral do vegetal.

Alteração de gravidade

Esta atividade mostra que as raízes não só crescem para baixo, mas também acompanham a força da gravidade. Dobre uma semente de feijão em uma toalha úmida e envolva-a com papel alumínio. Prenda o pacote a um toca discos e ligue a máquina deixando-o girar a 78 RPM. Após cinco dias, abra o pacote sobre o prato giratório. Pergunte às crianças qual o caminho a raiz bebê está percorrendo e por que eles acham que está percorrendo assim. A raiz deve estar voltada para fora em vez de para baixo, já que a plataforma giratória criou uma gravidade simulada com a sua força centrífuga.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível