Mais
×

Como avaliar roupas usadas

Atualizado em 17 abril, 2017

Os brechós estão se tornando mais populares com as iniciativas da sociedade de ser mais ecologicamente correta. Já que muitos brechós diferentes estão agora disponíveis, é útil ter uma ideia do que suas roupas valem antes de as vender. O valor de um item de vestuário é geralmente expresso em termos de porcentagem do seu valor original no varejo. Esse percentual é o que o cliente vai pagar em uma loja de roupas usadas. Se você planeja ir a outras lojas de revenda em vez de vender você mesmo os itens, você receberá uma porcentagem desse valor. Os métodos de avaliação das roupas também podem variar de lugar para lugar, assim como os estilos tendem a mudar com o grupo demográfico. O preço das roupas usadas está sujeito a muitos fatores. Em linhas gerais, você pode estimar o que suas roupas valem.

Instruções

Ganhe dinheiro vendendo suas roupas (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

    Condições

  1. Verifique cuidadosamente se a peça tem manchas. Em camisas e casacos, as manchas são geralmente localizados ao redor da gola, em baixo dos braços e perto de extremidades de mangas compridas. Veja o interior das calças e shorts e a parte inferior traseira nas pernas.

  2. Procure por buracos, puídos, botões faltando e outros sinais de desgaste. Nas camisas e casacos, os buracos e os puídos aparecem frequentemente sob os braços ou em sua parte de baixo, onde a camisa roça nos cintos. Confira a parte traseira de calças e shorts para verificar puídos. Se o item contém um zíper, puxe o zíper para cima e para baixo para ter certeza de que funciona com tranquilidade.

  3. Determine, baseado nessas condições, se o item é vendável. Se ele contém dois ou mais pontos negativos, provavelmente não é. Se a peça está em boas condições, mas mostra alguns sinais de uso, ela pode vender, mas provavelmente por metade do preço original. As roupas que nunca foram usadas ou estão parecendo novas podem vender a 50% ou mais em relação ao preço original.

    Demanda

  1. Verifique a marca do item, que é indicada na etiqueta localizada na gola da camisa ou no cós das calças e dos shorts. Os compradores de brechó são mais propensos a comprar uma peça se for um bom negócio, ou com um preço significativamente inferior ao do produto original no shopping. As marcas de lojas que oferecem descontos ou as lojas de departamento mais genéricas geralmente não revendem bem e valem menos.

  2. Adivinhe a idade da peça. A maioria das empresas de vestuário mudam o design de suas etiquetas a cada temporada e algumas até incluem o mês e o ano nelas. Quando o assunto é moda, o mais novo é o melhor e o que mais vale. As peças vintage seguem a regra oposta: quanto mais velho e mais raro o item, mais valioso ele é.

  3. Verifique se o item está atualmente na moda ou com alta demanda. Isto não se aplica somente à moda atual que está sendo vendida nos shoppings. A demanda por peças vintage, também, está sujeita a idas e vindas. Se o item tem um estilo popular, os cliente vão procurá-los insistentemente, venderá rápido e pode ter um preço maior do que outras peças do brechó.

O que você precisa

  • 1 ou mais peças de roupas usadas
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article