Benefícios de rochas e areia vivas em um aquário marinho

Escrito por philip morgan | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Benefícios de rochas e areia vivas em um aquário marinho
Rochas e areia vivas oferecem muitos benefícios para aquários marinhos (blue damsel image by Tabitha Little from Fotolia.com)

As rochas e areia vivas são pilares saudáveis para um aquário de água salgada. Elas consistem em seres microscópicos marinhos mortos na forma de carbonato de cálcio. As rochas vivas contêm organismos vivos que oferecem muitos benefícios aos aquários marinhos. A areia viva também tem vários propósitos em um tanque de água salgada.

Outras pessoas estão lendo

Abrigo

As rochas vivas oferecem abrigo para os seres vivos marinhos, permitindo que as criaturas desse tipo de aquário escondam-se dos predadores e sintam-se seguras. Se um aquarista tiver vários tipos de peixes em um mesmo tanque, eles podem esconder-se um do outro até adaptarem-se ao novo ambiente.

Filtração

Os aquários marinhos exigem filtração regular para garantir que organismos prejudiciais não saiam do controle. Esse processo também remove produtos residuais da água e previne que o aquário fique turvo. A areia viva age como um meio de filtração para esse tipo de aquário. Os grãos esfregam-se um no outro constantemente, o que afrouxa os detritos e as colônias de bactérias fixadas, de acordo com o The Tropical Tank. Como a areia realiza essa ação de filtração, um filtro mecânico remove os detritos do tanque.

Conversão de amônia

O Augsburg College explica que a rocha viva auxilia na conversão da amônia em gás nitrogênio. Peixes de água salgada dependem de um equilíbrio apropriado de amônia e nitrogênio em um aquário marinho. Se ele tiver muita amônia, os peixes podem adoecer ou até morrerem. Se tiver muito nitrogênio, as algas prejudiciais podem crescer além da conta. As rochas vivas auxiliam nesse processo porque elas contêm pequenos organismos que quebram os resíduos.

Inibição do crescimento de algas

A rocha viva contém uma substância conhecida como alga coralina. Esse tipo de alga inibe o crescimento de algas prejudiciais que apresentem uma ameaça aos peixes de água salgada. A única forma de cultivar a alga coralina em um aquário marinho é adicionar rochas vivas ao tanque, de acordo com o Reef Aquarium Coral Propagation Lab.

Base

A areia viva fornece uma base para a rocha viva e os corais em um aquário marinho. Sem a base de areia, eles não têm como criar raízes e crescer. A areia ancora esses materiais no lugar e reduz o risco de sofrerem danos.

Aparência

A areia e a rocha vivas fornecem uma aparência natural aos aquários de água salgada. Essas substâncias ocorrem na natureza, então, usá-las no seu aquário também cria um ambiente mais natural para os organismos de água salgada. Os aquaristas podem adicionar plantas e outros itens decorativos para melhorar esse ambiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível