Calçados esportivos

Escrito por randy o. williams | Traduzido por guilherme rocha
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail

Ganhe pontos aliando estilo ao desempenho

Calçados esportivos
Escolha o calçado certo para seu esporte (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

"Atualmente, quem faz exercícios não quer só ficar bem, mas também caprichar no visual na hora da malhação".

— Danny Abshire, co-fundador do Newton Running

Orgulhosamente amarrando seus tênis amarelo ovo, uma mulher de São Paulo caprichou no visual para sua corrida do fim da tarde. Enquanto se aquece na academia de ginástica antes de sua pelada semanal, um rapaz do Rio de Janeiro está confiante de que sua chuteira dará a tração e a qualidade que a marca do calçado tanto promete. Independente da atividade, os atletas de fim de semana querem estilo e desempenho. "Atualmente, quem faz exercícios não quer só ficar bem, mas também caprichar no visual na hora da malhação", afirmou Danny Abshire, co-fundador do clube de corridas Newton Running, no Colorado. A concorrência entre os fabricantes de calçados para atender as exigências cada vez mais sofisticadas dos clientes - neste casamento de estilo e qualidade - é tão acirrada quanto qualquer triatlo, meia-maratona, ou jogo de futebol. Ela envolve uma explosão do uso de psicologia do marketing do consumidor, o uso de biomecânica dos pés cada vez mais complexas, e um arco-íris de cores combinadas para agradar a todos os gostos.

Pulando com estilo

Calçados esportivos
Mudanças na indústria dos calçados levaram ao desenvolvimento de melhores tênis de basquete (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)

No mundo dos tênis, a demanda por estilo e desempenho decolou para níveis impensáveis por causa de Michael Jordan, um dos maiores atletas da história. Os calçados esportivos mudaram para sempre quando a Nike lançou o Air Jordan, no meio da década de 1980.

“Por um longo tempo, os atletas só queriam saber do desempenho", afirmou Octavio Lubrano, designer sênior de calçados da Nike. “Michael [Jordan] só queria criar um tênis que combinasse com o uniforme dos Bulls. Isto era contra as regras da NBA na época, mas a Nike pagou a multa e isto ajudou Michael a criar uma nova tendência de estilo que revolucionou o setor de tênis, devido ao seu desejo de sentir-se bem e estar bonito usando seus tênis".

Tênis de basquete, com seus estilos inovadores, continuam lançando tendência na indústria de calçados esportivos. Obviamente, a dupla Nike-Jordan ditou as regras com modelos populares como Air Flight e Flywire.

“Quando Michael Jordan assinou seu contrato com a Nike, a estratégia de vendas ao consumidor mudou tudo no basquete. Eles conquistaram o mercado e dominam este mercado desde então", afirmou a podóloga Mary Schuh (cujo nome, coincidentemente, se pronuncia "shoe" - sapato, em inglês).

Os tênis de basquete ficaram tão na moda que há milhares de consumidores que não sabem nem mesmo arremessar um lance livre ou driblar, mas que usam o tênis assim mesmo como um acessório da moda. Fabricantes como Adidas, And 1, Peak, além da Nike/Air Jordan, colocam no mercado uma ampla gama de tênis de basquete para uso diário.

Mesmo assim, quando se trata de estilo, os velhos tênis de basquete ainda são populares - como um acessório da moda. Um exemplo é o par de tênis básico Chuck Taylor All Star, que não mudou muito desde seu lançamento, nos anos 1920. Enquanto a engenharia dos tênis se desenvolveu fortemente desde então, muitas pessoas ainda desfilam com um calçado desenvolvido há 90 anos.

Quando se trata de atividade física, no entanto, estes tênis não funcionam mais para sua atividade original, devido aos avanços na tecnologia em calçados esportivos. "Um tênis Chuck Taylor não é a melhor coisa a se usar para jogar basquete - mas se o cano for baixo, se colocar velcro e uma sola de borracha, ele se torna um belo tênis para a prática de skate. Ele faz você sentir bem o skate, e a sola de borracha adere bem ao skate", afirmou Schuh. "Assim se deu a criação dos tênis de skate - reduzindo o acolchoamento para sentir o skate. As rodinhas do skate teoricamente absorvem o choque. É um exemplo típico do 'menos é mais' que começou com a modificação de um velho tênis de basquete”.

Desempenho e design

Calçados esportivos
Antes de comprar seus calçados, faça uma análise profissional de sua pisada (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Outra área onde o estilo e o desempenho contam muito é o mercado de tênis para corridas, que também se divide em diversas atividades do atletismo, como triatlo, corrida em trilhas e modalidades de quadra, entre outros.

Assim como ocorre com tênis de basquete, calçados para corrida agradam os clientes porque aliam moda à funcionalidade. Fabricantes sabem que a chave para sobreviver nesta indústria tem mais a ver com desempenho do que com estética, no entanto. Apesar do estilo dar mais apelo ao calçado, há também por trás uma grande pesquisa científica no design do calçado, e é por isto que os tênis esportivos custam tão caro.

“Decidimos o design de nossos calçados de uma maneira primeiramente funcional, incluindo biomecânica e biotipos, porque ele pode ficar lindo, mas se não oferecer desempenho, nós perdemos", afirmou Carson Caprara, gerente da linha de calçados da Brooks Sports, de Seattle. "Eles podem até comprar nosso produto uma vez, mas não voltarão se não atenderem a demanda por desempenho”.

O amortecimento é um elemento fundamental quando se trata do desempenho de um calçado esportivo. As inovações relevantes que ajudam no estilo têm quase sempre a ver com tornar o tênis mais leve e suave - onde reina o conceito "menos é mais". Caprara afirma que os tênis mais leves e que proporcionam o maior amortecimento (como a linha de produtos PureProject, da Brooks) é que levaram a um grande crescimento em diversas categorias de produtos da empresa, como calçados para ioga e para a prática de diversas atividades esportivas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível