×
Loading ...

Como calcular combinações sem calculadora

Atualizado em 03 agosto, 2018

Em matemática, as combinações são usadas para descrever o número de resultados possíveis dado n opções e R seleções dessas opções. Por exemplo, se você tivesse dez frutas e quisesse fazer uma salada de frutas com quatro delas, o número de diferentes saladas de frutas que poderiam ser feitas seria igual ao número de combinações possíveis com dez opções e quatro dessas opções sendo escolhidas. Para calcular o número de combinações possíveis, é preciso saber quantas opções você tem e quantas delas você escolherá.

Instruções

Cada linha de partida representa uma combinação (team spirit image by mark smith from Fotolia.com)
  1. Determine o número de opções possíveis e aquelas que serão selecionadas. Chame o primeiro número de N e o de opções que serão selecionadas de R. Por exemplo, se você tivesse dez jogadores de vôlei, mas apenas seis pudessem começar, você teria 10 para N e 6 para R.

    Loading...
  2. Insira os valores de N e R na seguinte equação: N! / (R! * (N-R)!) No exemplo, a equação teria 10 para N e 6 para R, obtendo 10! / (6! * (10-6)!), ou 10!/ (6!4!). O "!" representa fatorial, o que significa um número multiplicado por cada número inteiro positivo de valor menor. Por exemplo, 6! seria igual a 654321.

  3. Expanda os fatoriais, tanto no numerador como no denominador. Nesse exemplo, você teria (10987654321) / (6543214321) .

  4. Corte os pares de números encontrados tanto no numerador como no denominador. Nesse exemplo, como "654321" aparece em ambos, você pode eliminar essas porções. Assim, sobra apenas (10987) / (432*1).

  5. Multiplique os valores do numerador e do denominador. Continuando o exemplo, é preciso multiplicar (10987) e (4321) para obter 5040/24.

  6. Divida o numerador pelo denominador para calcular o número de combinações possíveis. Nesse exemplo, o correto seria dividir 5040 por 24 para descobrir que você tem 210 combinações.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...