Como calcular a integridade estrutural de um piso

Escrito por bob haring | Traduzido por allisson ester de paiva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular a integridade estrutural de um piso
A integridade estrutural do piso é essencial na construção (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A integridade estrutural de um piso é sua habilidade de, de modo seguro, suportar carga colocada sobre ele. Em um sistema de piso elevado, isso significa que os alicerces e vigas devem estas aptos a suportar o peso do piso, paredes interiores e outras partes da casa que se apoiam sobre eles. Pisos elevados são construídos com concreto e blocos de paredes de porão, concreto e colunas de parede, ou pier de concreto. Um piso elevado típico possui uma placa de peitoril, um painel espesso na fundação e vigas de piso entre as paredes, sendo estas últimas um elemento chave na integridade estrutural.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Código de construção internacional e Tabelas de vão do Conselho de Madeira
  • Suspensórios de 5 por 10 cm
  • Pregos de enquadramento 16d
  • Martelo

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Calcule a integridade estrutural do piso como parte do processo de design de uma casa. Siga os códigos locais para fundações, que determinarão a profundidade da fundação, ferragens no concreto e outros aspectos. Use painéis de 5 por 20 cm para os peitoris, tipicamente presos na fundação com parafusos verticais no concreto e fixados com porcas.

  2. 2

    Calcule o tamanho, espaçamento e alcance das vigas do piso usando as tabelas do Código Internacional de Construção. Determine o tipo de madeira a ser usado e encontre os limites de vão para os vários tamanhos daquela madeira. Baseie os cálculos em cargas típicas para piso -- uma carga viva ou peso externo de 18.120 quilos por 0.09 metro quadrado, e peso permanente do piso e outros componentes de 4.535 quilos por 0.09 metro quadrado.

  3. 3

    Comece os cálculos de vão usando vigas de pinho número 1 de 5 por 20 cm, espaçadas por 60 cm, que são o tamanho e espaçamento mais comuns. Planeje a adição de postes interiores e vigas se o vão de 3,79 for muito curto para a largura da casa, ou reduza o espaçamento para 40 cm, para conseguir um vão de 4,32 m. Mude para vigas de 5 por 25 cm para conseguir uma vão de 4,81 m e espaçamento de 60 cm.

  4. 4

    Varie o tamanho da madeira da viga e espaçamento delas para conseguir um cálculo trabalhável para o tipo de casa. Um porão aberto, por exemplo, exigirá vãos mais amplos e vigas mais pesadas do que uma com postes centrais e feixes. Ajuste a profundidade dos peitoris para acomodar vigas mais grossas, que devem ser fixadas a eles com pregos de enquadramento 16d, pregados diagonalmente com um martelo, ou com suportes para vigas de metal, suportes em U fixados aos peitoris para segurar as vigas.

  5. 5

    Inclua suspensórios entre as vigas, usando painéis de 5 por 10 cm cortados em ângulos de 45º, para reforçar a estrutura do piso. Fixe-os com um martelo e pregos de enquadramento 16d, a partir do topo de uma viga até a parte inferior da viga adjacente, escalonados de modo que dois suspensórios lado a lado formem um X. Faça cintas em todas as vigas entre os pontos de apoio, como as paredes do porão o postes interiores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível