Como calcular a velocidade do ar em uma cabine de pintura

Escrito por timothy burns | Traduzido por andressa gonzalez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular a velocidade do ar em uma cabine de pintura
As cabines de pintura devem ser projetadas com ventilação adequada para o funcionamento apropriado (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Enquanto trabalha numa cabine de pintura, a segurança do trabalhador e a qualidade do produto pintado dependem dos controles de ambiente da cabine. Ela deve ser mantida a uma temperatura adequada e ter suficientes velocidade e volume de ar trocados através do sistema para que a pintura seja aplicada e seca de forma devida. Como o ar é puxado através da cabine de pintura, a velocidade do ar presente nela baseia-se no volume de ar puxado através da cabine por exaustores.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Calculadora

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Meça a largura e a altura da cabine de pintura. Essas dimensões são utilizadas para calcular a velocidade do ar.

  2. 2

    Obtenha a capacidade de volume de ar do exaustor. Esse valor é expresso em termos de volume/tempo. Por exemplo: metros cúbicos/segundo.

  3. 3

    Ponha esses valores na seguinte equação: a velocidade do ar na cabine de pintura é igual ao volume de fluxo de ar/área da cabine. Por exemplo, se o exaustor move-se 250 metros cúbicos por segundo e as dimensões da cabine são 3 metros de altura e 5 metros de largura, a velocidade do ar é igual a 250 metros cúbicos/seg/ (3m *5m) é igual a 16,667 m/seg.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível