O que faz carros soltarem fogo pelo escapamento?

Escrito por allen gagle | Traduzido por guilherme maluf
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que faz carros soltarem fogo pelo escapamento?
O escapamento é onde geralmente aconte o fogo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O fogo que o motor solta pelo escapamento é o resultado da combustão incompleta no interior da câmara de combustão. O excesso de ar e a mistura de combustível pode viajar pelo coletor de admissão ou pelo escapamento e detonar antes da hora, causando o fogo.

Existem dois tipos de fogos: o "fogo posterior" (a detonação dentro do tubo de escapamento) e o "fogo interno" (a ignição do ar e do combustível dentro do coletor de admissão e da estrutura do acelerador).

Outras pessoas estão lendo

Regulagem imprópria do motor

Uma afinação imprópria do motor pode resultar tanto em fogo posterior quanto interno. Uma regulagem muita adiantada detonará as velas de ignição antes mesmo das válvulas fecharem totalmente o sistema. Os gases parcialmente queimados viajam de volta para o coletor de admissão onde a explosão, ou fogo interno, ocorre durante o próximo ciclo de combustão. Um motor que funciona atrasado produzirá uma queima incompleta - a mistura de combustível e ar parcialmente queimada viajará pelo sistema de exaustão e detonará também no próximo ciclo de combustão.

Fiação de ignição imprópria ou danificada

O sistema de ignição depende de componentes bem conservados para funcionar corretamente. Cabos de ignição danificados e sistemas gastos de distribuição e rotor vão contribuir para uma desregulação e, assim, com o fogo do motor.

Baixa pressão de combustível

Injetores ou carburadores sujos, filtros de combustível gastos, linhas de combustível entupidas ou uma bomba de combustível defeituosa resultam em perda de pressão do sistema de combustível. O motor precisa manter uma certa pressão para injetar a quantidade correta de combustível no processo de queima, e se algum ou todos os fatores acontecerem, haverá o fogo como consequência da baixa pressão de combustível.

Conversores catalíticos danificados

Um conversor catalítico deficiente, danificado ou ausente também contribui para a queima imprópria no motor. Isso porque o conversor catalítico é uma peça importante do sistema de exaustão e é monitorado pela Unidade de Controle do Motor (ECU, na sigla em inglês). Um conversor danificado trará leituras equivocadas do motor e fará com que o sistema adiante ou atrase a regulagem sem necessidade - e isso causa o fogo posterior no escapamento.

Como prevenir e eliminar o fogo

Manutenções preventivas (como recomendadas no manual do proprietário) ajudam na prevenção dessas queimas. Troque o filtro de combustível todos os anos ou de acordo com o manual para manter a pressão de combustível correta, e faça trocas de óleo regulares para manter a boa forma do motor. Carros com sistema de ignição automática devem ter suas velas de ignição trocadas a cada 12 meses ou conforme a recomendação no manual.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível