Como checar os sinais vitais de um cavalo

Escrito por ehow contributor | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como checar os sinais vitais de um cavalo
Saber verificar os sinais vitais de seu cavalo pode salvar a vida dele (David De Lossy/Photodisc/Getty Images)

Saber como verificar os sinais vitais do seu cavalo é uma parte importante da monitoração da saúde do animal. Detectar alterações no pulso, taxa de respiração, temperatura, nível de hidratação e sons intestinais pode salvar a vida dele. No caso do seu cavalo estar agindo de forma estranha e seus sinais vitais estarem anormais, você deve chamar um veterinário o mais rápido possível. Tenha as informações acima prontas.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Instruções

  1. 1

    Verifique o pulso do seu cavalo. Use três dedos e aperte a artéria grossa que fica logo abaixo do maxilar em qualquer lado da face do cavalo (a localização é semelhante aos humanos). Quando encontrar o pulso, conte cada onda de sangue pelo período de 1 minuto. A taxa de pulsação com o animal em repouso deve ser entre 30 e 40 batimentos por minuto. Se a taxa estiver rápida (80 ou mais batimentos por minuto), irregular ou fraca, chame o veterinário imediatamente.

  2. 2

    Meça a taxa de respiração do seu cavalo. Posicione-se num lugar onde você possa ver claramente as mudanças na área do flanco do seu cavalo quando ele inspira e expira. Conte cada inspiração (expansão) pelo período de 1 minuto. A taxa de respiração de um cavalo em repouso deve ser entre 6 e 20 inspirações por minuto. Se seu cavalo estiver demonstrando dificuldades ao respirar, inspirações superficiais, rápidas demais ou com as narinas dilatadas, chame um veterinário imediatamente.

  3. 3

    Verifique a temperatura do seu cavalo. Corte um comprimento de fio. Em uma ponta, prenda um grampo. Na outra ponta, coloque um termômetro retal digital para cavalos. Posicione-se atrás dele, de frente para a sua cauda. Lubrifique o termômetro, levante a cauda do animal e coloque-o para o lado, prendendo o grampo na cauda e inserindo o termômetro em seguida. Mantenha-o no cavalo conforme recomenda o fabricante, então o retire e veja a leitura. Uma temperatura normal fica entre 37,5°C e 38°C. Se a temperatura do animal estiver abaixo de 37°C ou acima de 40°C, chame o veterinário imediatamente.

  4. 4

    Avalie os níveis de hidratação do seu cavalo. Levante o lábio dele e use seu polegar para fazer pressão na gengiva logo acima do dente incisivo. Tire o dedo e conte os segundos até que a cor volte àquele ponto. Ou belisque uma pequena parte da pele no ombro do animal. Solte e veja quanto tempo leva para voltar ao normal. Um retorno imediato (2 segundos ou menos) em qualquer um dos testes é normal. Se levar 3 segundos ou mais em condições normais para retornar, ou o cavalo ficar com as gengivas vermelhas, marrons, amareladas ou azuis, chame o veterinário imediatamente.

  5. 5

    Ouça os sons intestinais do seu cavalo. Posicionando-se ao lado dele, curve-se e coloque sua orelha contra o estômago do cavalo, logo atrás das costelas. Sons normais incluem uma variedade de gorgolejos, chiados e barulhos similares. Se ouvir apenas sons fracos, ou não ouvir som algum, chame o veterinário imediatamente.

Dicas & Advertências

  • Você deve ter seu cavalo encabrestado e até amarrado ou segurado por outra pessoa enquanto estiver verificando seus sinais vitais. Sempre tome extremo cuidado ao lidar com o animal.
  • Verifique periodicamente os sinais vitais do seu cavalo e estabeleça o que é "normal" para ele. Isso facilita a detecção de anormalidades.
  • Esportes equinos, como o hipismo e a montaria de resistência, têm postos de controle onde eles verificam os sinais vitais do seu cavalo antes das competições começarem. Há algumas diferenças quanto às limitações mencionadas acima, uma vez que o cavalo estará mais em competição que em repouso, mas você só poderá continuar competindo se os sinais vitais do seu cavalo estiverem de acordo com as diretrizes.
  • Observe comportamentos adicionais que indiquem um problema potencial, incluindo: suor frio, letargia, tosse, corrimento nasal, cabeça pendurada, língua pra fora, edema, inchaços, evacuação anormal (extremamente dura ou seca, ou diarreia), agitação (chutar ou beliscar a si mesmo, bater e arranhar o chão), deitar-se e não levantar mais (mesmo quando solicitado), falta de apetite ou sede, mancar, e a inabilidade de distribuir o peso sob as pernas igualmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível