Como fazer codornas japonesas se reproduzirem

Escrito por nicole galipeau | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer codornas japonesas se reproduzirem
As codornas, ou codornizes, podem ser criadas para o abate ou para treinar cães para a caça (Tom Brakefield/Stockbyte/Getty Images)

A codorna japonesa é uma variedade de codorna coturnix, sua plumagem é ligeiramente mais escura que a de suas parentes. Ela pode ter sido desenvolvidas para treinar cães, pois sua coloração mais escura é mais fácil de detectar. Atualmente, é criada para o abate, por seus ovos, e como animal de estimação. De personalidade vivaz, as codornas japonesas são de fácil procriação, assim como a codorna comum, o que as torna uma boa escolha para criadores amadores de codornas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Gaiola coberta
  • Ração própria para codornas
  • Osso de sépia
  • Conchas de ostras

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Aloje suas aves em gaiolas limpas, cobertas e espaçosas o suficiente para as elas se movimentarem confortavelmente, com alimentação e poleiro. Gaiolas comerciais para codornas possuem o tamanho de 45 cm x 50 cm, mas um local maior, como um abrigo bem fechado ao ar livre, é sempre preferível. Além disso, as aves têm mais espaço para se exercitarem e interagirem de maneira natural. No caso de escolher um local ao ar livre, certifique-se de prover acesso a um abrigo coberto onde as aves possam se refugiar.

  2. 2

    Selecione aves reprodutoras que estejam saudáveis e em boas condições, com olhos brilhantes e plumagem limpa. Escolha as aves que correspondem às suas necessidades: se for para abate, escolha as aves maiores e mais robustas; se for para treinar cães, escolha aves mais rápidas e voadoras. Manter a proporção de três fêmeas para um macho aumenta a probabilidade de sucesso.

  3. 3

    Forneça alimentação de codornas de alta qualidade, ao invés de alimentá-las com comida comum para aves domésticas. Para as fêmeas, forneça ração para postura, se houver à disposição. Caso contrário, deve-se suplementar sua dieta com concha de ostra moída ou osso de sépia para dispor de cálcio durante os meses da estação do acasalamento. Coloque no mínimo dois tratadouros em gaiolas grandes, para diminuir a competitividade por comida.

  4. 4

    Disponibilize água limpa e fresca o tempo todo.

  5. 5

    Limpe a forragem da gaiola ou rastele o chão do alojamento pelo menos uma vez por semana, mas preferivelmente todos os dias, para minimizar a propagação de bactérias e doenças.

  6. 6

    Incentive a reprodução, expondo as aves de 14 a 17 horas de luz por dia. Para aves ao ar livre onde a luz artificial não é uma opção, com a chegada da primavera, os dias ficam mais longos, fazendo com que as codornas comecem a se reproduzir naturalmente.

  7. 7

    Examine o ninho diariamente, após o acasalamento ocorrer, e remova todos os ovos que estiverem danificados ou quebrados. Se uma fêmea começar a chocar, os ovos frescos devem ser retirados imediatamente e resfriados. Os ovos deixados aos cuidados da mãe demoram de 16 a 17 dias para eclodirem.

  8. 8

    Trate os filhotes com ração para codornas esmigalhada até estarem hábeis a se alimentarem como os adultos.

Dicas & Advertências

  • As codornas japonesas são criadas em ambientes comerciais, sem o uso de caixas ou objetos de nidificação. Porém, pode-se forrar uma parte do alojamento ou da gaiola com palha para propiciar um ambiente mais confortável para a postura dos ovos. Ao ar livre, a área de nidificação deve ficar dentro do abrigo, protegida de correntes de ar e de predadores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível