Como acabar com o mau cheiro em roupas desportivas

Escrito por raphael souza | 21/05/2017
Como acabar com o mau cheiro em roupas desportivas
O problema são elas, as roupas sintéticas!

Os benefícios da prática regular de atividades físicas você já conhece: ela aumenta a capacidade cardiorrespiratória, tonifica os músculos, ajuda a emagrecer, fortalece o sistema imune e promove o bem estar. Mas como nem tudo são flores (muito pelo contrário), além de lesões, os praticantes de esportes de alta intensidade precisam lidar com muitas dores e odores causados pela transpiração. Enquanto um bom banho e bastante descanso são suficientes para deixar você pronto para outra, nem o ciclo mais intenso da sua máquina de lavar vai dar um jeito de acabar com a catinga impregnada nas roupas desportivas. Para resolver esse problema fedido, você vai precisar de mais do que só água e sabão. Msa não perca o ar: aqui vão três soluções testadas e comprovadas por quem entende do problema. E, sim, infelizmente entendemos muito bem.

O problema não é você, é ela: a roupa

É normal pensar que existe algo de errado com você porque suas roupas cheiram mal. Apesar de haver pessoas que transpiram mais do que outras, estudos apontam que são as roupas de ginástica as culpadas pelo seu sofrimento (e do de quem está perto de você). Uma pesquisa realizada pela Universidade de Gante, na Bélgica, apontou que as roupas sintéticas são mais propensas a desenvolver maus odores devidos à transpiração. Na pesquisa publicada na revista Applied and Environmental Microbiology, voluntários se submeteram a uma sessão de uma hora de spinning vestindo roupas de algodão, poliéster e uma combinação de algodão com tecido sintético. Após a atividade, as roupas usadas foram lacradas individualmente em sacos plásticos, onde ficaram por 28 horas — tempo necessário para que as bactérias quebrassem os ácidos graxos presentes no suor em moléculas menores, causadoras do mau odor. Os pesquisadores então perceberam que as peças sintéticas fediam mais que as de algodão. Após análise, eles perceberam que os tecidos respiráveis de poliéster forneciam um ambiente propício para a proliferação dos micro-organismos. Agora, os cientistas buscam descobrir o que faz da fibra um refúgio para essas bactérias, e sugerem que os praticantes de atividade física optem pelo algodão em vez do tecido sintético.

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é uma substância segura, barata e com uma ampla gama de utilidades, que vão desde o uso cosmético ao medicinal. Ele pode ser usado para escovar os dentes, lavar frutas e verduras e até eliminar a inhaca das suas roupas! Você pode encontrar o produto à venda em qualquer farmácia.

Molho

Ponha as roupas sujas num balde ou bacia e encha-o até cobrir completamente as peças. Então, despeje na água 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio para cada litro. Essa quantidade deve ser suficiente, mas não tem problema em usar mais ou um pouco menos. Deixe as roupas de molho durante a noite.

Lavagem

Jogue fora a água usada. Em seguida, lave as roupas normalmente, seguindo as instruções nas etiquetas.

Secagem

Deixe as roupas secarem naturalmente e conforme as etiquetas, mas tenha em mente que a exposição direta à luz solar pode ajudar a matar as bactérias ainda presentes nelas.

Desinfetante de pinho

Os desinfetantes à base de pinho podem ser encontrados em qualquer supermercado. Eles são baratos e seguros de utilizar. Você não precisa se preocupar que eles possam danificar suas roupas. Eles têm função germicida e bactericida e são sua salvação para eliminar o bodum das roupas desportivas. Se preferir, você pode substituí-lo por Lysoform.

Molho

Ponha as roupas sujas numa bacia ou balde com água suficiente para cobrir as peças e acrescente o desinfetante de pinho. A medida é meio copo de desinfetante para cada litro de água. Deixe as peças de molho durante a noite.

Lavagem

Jogue fora a água usada. É recomendável enxaguar a roupa antes de lavá-la, pois o cheiro do desifetante é forte e pode ficar na roupa até mesmo depois da lavagem. Em seguida, lave as peças normalmente, seguindo as instruções nas etiquetas.

Secagem

Estenda as peças no varal, de preferência em um local onde o vento corra livremente.

Vinagre branco

O vinagre apresenta alta concentração de ácido acético. Além de desengordurar e desinfetar, essa substância dá brilho e elimina odores. A grande vantagem do vinagre sobre os produtos industrializados é que ele é econômico e natural. Portanto, causa menos danos ao meio ambiente, além de ser mais fácil de enxaguar. Você pode estar se perguntando, mas por que devo usar vinagre branco, de álcool? O motivo é que ele é neutro, não contém corantes nem o aroma dos outros tipos de vinagre.

Molho

Antes de lavar as roupas, ponha-as de molho numa bacia com meio copo de vinagre branco para cada 5 litros de água. As roupas devem ficar imersas na mistura. Deixe as peças de molho durante a noite.

Lavagem

Após jogar fora a mistura de água com vinagre, lave as peças conforme as instruções contidas nas etiquetas, seja na máquina de lavar ou à mão.

Secagem

Evite usar a secadora de roupas. Em vez disso, estenda as peças no varal e deixe que sequem ao ar livre.

Outras peças

Tênis e sapatilhas

Em geral, não é recomendável deixar calçados de molho. Se tiver dúvidas, confira as etiquetas das peças. Se, mesmo assim, você quiser uma solução drástica para o bodum, submerja seus tênis ou sapatilhas num balde de água com vinagre branco. A medida é 1 copo de vinagre para 4 litros de água. Se não quiser encharcar as peças, borrife a mistura no exterior e interior dos calçados e deixe descansar por 1 hora. Limpe com um pano úmido e guarde-os em local arejado. Outra opção é usar bicarbonato de sódio. Despeje um pouco do produto no interior e exterior das peças e deixe descansar por uma hora. Depois, é só remover com um pano.

Capacete

Uma forma eficaz de higienizar capacetes é com uma mistura de água, sabão neutro e vinagre. Misture os ingredientes e borrife-os no capacete. Deixe secar e, em seguida, limpe com um pano úmido. Você também pode deixar a proteção de molho numa mistura de água com vinagre. Use meio copo de vinagre branco para cada litro de água e use um peso para assegurar que o capacete fique imerso. Deixe agir por pelo menos meia hora. Depois, enxágue bem e deixe secar à sombra.

Garrafas

Com o tempo, é normal que garrafas fiquem com o cheio e o sabor das bebidas contidas nelas. Para limpá-las e eliminar qualquer resquício de bebidas, lave-as normalmente com sabão neutro. Em seguida, encha 1/4 dela com vinagre branco e o restante com água. Agite bem e deixe agir durante a noite. No dia seguinte, basta enxaguar bem o squeeze e deixar secar. Ele estará novo em folha!

Manchas

Para eliminar as manchas de suor das roupas, misture quantidades iguais de água e vinagre branco num borrifador e aplique nas zonas afetadas. Deixe agir por meia hora. Em seguida, lave as peças com um pouquinho mais de vinagre. Se for lavar na máquina, espere o tanque encher e adicione 1 xícara de chá de vinagre.

Você também sofre com o mau cheiro?

Você também sofre com o mau cheiro nas roupas e artigos esportivos ou precisa lidar com o bodum das peças dos filhos ou do parceiro? Fale para a gente se as dicas acima acabaram com os odores ou compartilhe outras sugestões e receitas. Elas são muito bem-vindas!

Tip

Após o exercício físico, ponha as roupas utilizadas imediatamente de molho para evitar que as bactérias presentes nelas se desenvolvam. Deixá-las no cesto de roupa suja só vai promover a multiplicação dos micro-organismos.

Não é recomendável usar amaciante nas peças. Apesar de deixarem um cheiro agradável após a lavagem, ele só disfarça o mau cheiro. Além de desnecessário para esse tipo de tecido, o produto compromete a respirabilidade da trama e pode até piorar o odor.

Além dos métodos indicados acima, você também pode usar Lysoform para higienizar as roupas, matar germes e bactérias e combater o mau cheiro. Existem variedades do produto no mercado, inclusive específicas para usar na lavanderia.

Evite deixar as peças fedidas junto das peças livres do mau odor. Assim, você impede ou pelo menos retarda que as outras peças sejam comprometidas.

Sempre que possível, opte por peças de algodão, ao invés de tecidos sintéticos.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível