Mais
×

Como usar um computador para montar um CFTV

Atualizada April 17, 2017

O alto preço da maioria dos sistemas de vigilância do mercado tem levado ao desenvolvimento de programas que podem transformar um computador num poderoso sistema de CFTV. A possibilidade de usar câmeras "USB" elimina a necessidade de comprar as caras câmeras de vigilância. Se você estiver disposto a ter um pouco de trabalho é possível montar seu próprio computador para vigilância (CFTV), com poucos reais e sem a necessidade de pagar pela ajuda de um profissional. Um sistema de CFTV personalizado pode ser configurado de acordo com suas especificações e exigências. Programas modernos possibilitam o uso de recursos avançados, como detecção de movimento e transmissão de vídeo pela internet.

Instruções

Câmera de vigilância padrão (Xavier Snelgrove of Canada)
  1. Escolha o computador que será usado para monitorar e gravar as imagens do CFTV. Embora o computador possa ter sido montado nos últimos 10 anos, ele não tem que ser incrivelmente novo e potente. Pode ser um computador de segunda mão, apenas certifique-se que ele tenha um disco rígido com espaço suficiente para armazenar as gravações. Se você quiser acessar as câmeras remotamente, precisará de uma conexão de banda larga.

  2. Encontre um local seguro para instalar o computador. É importante que ele fique em um local protegido onde um invasor provavelmente não o notará. Se ele puder ser visto facilmente, alguém poderia simplesmente roubá-lo ou destruí-lo e todas as evidências estariam perdidas para sempre. Por outro lado, é desejável que ele fique o mais próximo das câmeras possível, já que será necessário conectá-los com o cabo "USB".

  3. Instale as câmeras. É possível usar apenas uma ou quantas câmeras o programa suportar. "Webcams" comuns são perfeitas para sistemas de vigilância. Extensões "USB" de até 5 m podem ser usadas para conectar as câmeras ao computador. Além disso é possível usar filtros de amplificação para melhorar a qualidade das imagens. Se desejar usar várias câmeras no mesmo cabo, use um "hub" para dividir o sinal.

  4. Instale o programa de vigilância. Você poderá escolher entre produtos comercias como o pacote de segurança "Digi-Watcher", ou usar uma solução gratuita como "Dorgen" disponível no "Sourceforge" (veja Recursos abaixo). Na hora de escolher o programa, tenha em mente suas necessidades individuais, tais como quantas câmeras irá usar, se será necessário acessá-las de outro computador e se você precisa agendar tarefas. A não ser que você queira gravar sem parar, um programa com detecção de movimento evitará que o programa grave longos períodos sem nenhum movimento, economizando espaço no disco rígido.

Dicas

  • Várias marcas produzem câmeras que, captam imagens em alta definição, são a prova do tempo, funcionam sem fios ou com visão noturna.
  • Dependendo dos níveis de interferência do local, é possível usar extensões "USB" maiores do que a distância máxima padrão de 5 m.
  • É possível usar um "HD" externo, CD, DVD ou outro computador para salvar o "backup" das suas gravações.
  • É uma boa ideia ter um sistema de baterias reservas, caso falte energia.

Avisos

  • Não coloque câmeras comuns em locais expostos. Chuva e altas temperaturas podem destruir câmeras que não foram fabricadas uso externo.
  • Nunca use um "laptop" para montar um sistema de vigilância. Eles não são produzidos para ser usados por longos períodos.

Coisas Necessárias

  • Computador (desktop)
  • Câmeras "USB" (webcams)
  • Programa de vigilância
  • Extensão para cabo "USB" (opcional)
  • "Hub USB" (opcional)
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article