Como construir uma casa para a tartaruga-mordedora

Escrito por ryn gargulinski | Traduzido por julia palma ramôa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como construir uma casa para a tartaruga-mordedora
Mesmo com suas cascas, as tartarugas gostam de ter uma casa (Comstock Images/Stockbyte/Getty Images)

Apesar das tartarugas-mordedoras (e de todas as tartarugas) andarem com sua própria casa presa às costas, elas podem gostar de variar de vez em quando. Você pode construir uma casa para ela com materiais e etapas simples. Como essa espécie de tartaruga fica bem grande, geralmente ultrapassando os 60 cm, é preferível uma estrutura que permita a livre movimentação do animal, e que ao mesmo tempo não saia do lugar. Construir uma casa com essas características é fácil.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Kit de aquário de vidro para tartaruga com tela na parte de cima
  • Cascalho
  • Recipiente de plástico grande

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Meça o tanque da sua tartaruga para garantir que, independente da casa que você faça, ele caiba dentro. Quando o animal ainda é filhote, não é necessário um tanque grande; mas, a medida que ela cresce, a melhor opção é um tanque de aproximadamente 100 L para que ela possa se movimentar livremente.

  2. 2

    Crie um lugar para colocar a casa. Um lado do tanque deve ser exclusivo para a natação, e portanto, preenchido com água. Use cascalhos para criar um monte no lado oposto, permitindo que a tartaruga suba e saia da água. É necessário colocar a casa em cima desse monte, então tenha certeza de que ele esteja bem sólido e grande o bastante para o tamanho dela.

  3. 3

    Escolha os materiais da casa. Como o tanque é molhado, a melhor dica é usar plástico ou outro material que não apodreça com a umidade, como a madeira. Jean Adamson, uma autora do site "Turtle Homes Web", recomenda o uso de uma caixa de plástico de areia para gato (sem a areia dentro, obviamente) ou um banquinho de plástico. Ela também sugere virar a caixa de areia ao contrário e fazer um corte para criar uma porta. O banquinho, por sua vez, já tem aberturas para a tartaruga sair, entrar e olhar para fora. Prenda os itens com uma pedra grande em cima deles para que a tartaruga não os consiga derrubar.

  4. 4

    Seja criativo. Se a caixa de areia ou o banquinho não funcionarem, dê uma olhada na área de recipientes de uma loja de departamento local e procure por um contêiner de plástico fosco que você possa adaptar para a sua tartaruga. As principais preocupações são: garantir que ele não caia em cima do animal, que tenha aberturas amplas para que ela possa de movimentar, e que não possua pontas afiadas ou pontiagudas que possam machucar o corpo e o olho da tartaruga. Caso necessário, faça buracos no recipiente com tesouras.

Dicas & Advertências

  • Casas de plástico também são fáceis de limpar, ao contrário das de madeira, que podem apodrecer e ficar encardidas.
  • Pilhas de pedra podem cair se a tartaruga bater nelas.
  • Conchas não são benéficas pois afetam a qualidade da água no tanque da tartaruga.
  • Se a sua tartaruga ficar em um ambiente externo, com uma área maior, você pode usar uma piscina de criança, um balde, ou algo parecido, virado ao contrário, e fazer aberturas. Ofereça ao animal ao menos duas saídas, de modo que ele nunca se sinta encurralado.
  • Não compre plástico transparente, pois assim sua tartaruga não terá privacidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível