Como converter o fluxo de massa para fluxo de volume do ar

Escrito por allan robinson | Traduzido por translator - english to portuguese
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como converter o fluxo de massa para fluxo de volume do ar
Como converter o fluxo de massa para fluxo de volume do ar (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

A taxa de fluxo de massa é a velocidade em que a massa de uma substância passa através de uma determinada superfície. Da mesma forma, a taxa de fluxo de volume representa a velocidade na qual o volume de um fluido passa por uma determinada superfície. Estas medidas são amplamente utilizadas na dinâmica de fluidos, que é  frequentemente necessária para converter essas tais medidas de fluxo. Observe que ambos, os líquidos e os gases, são considerados fluidos no âmbito da dinâmica de fluidos.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Analise as unidades de medida a partir da taxa de fluxo de massa. A taxa de fluxo de massa mede a massa por unidade de tempo, portanto a unidade de medida padrão da taxa do fluxo de massa é em quilogramas por segundo (kg / s).

  2. 2

    Atente para as unidades de medida da taxa de fluxo de volume. A taxa de fluxo volumétrico mede o volume por unidade de tempo, então a unidade de medida padrão da taxa do fluxo de volume é dada em metros cúbicos por segundo (m³ / s).

  3. 3

    Compare a massa de um fluido ao seu volume de densidade. A densidade de um material é definido como d = m / v, onde d é a densidade em kg / m³, m é a sua massa em kg e v é o seu volume em m³. Portanto, v = m / d.

  4. 4

    Calcule a velocidade do fluxo de massa. Esta é dada pela seguinte equação M = DSA, onde M é o caudal mássico, d é a densidade do fluido e s é a velocidade do fluido através da área da superfície A.

  5. 5

    Transforme a taxa de fluxo de massa na taxa de fluxo de volume. Uma vez que v = m / d a partir da Etapa 3, podemos afirmar que V = M / d, onde V é a taxa do fluxo volumétrico e M é a taxa do fluxo de massa. Tenha em mente que esta equação nos dá também V = M / d = DSA / d = SA, permitindo calcular V diretamente a partir da velocidade do fluido e da área de determinada superfície.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível