Como converter MySQL em SQLite

Escrito por john mitchell Google | Traduzido por marcos a. guedes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como converter MySQL em SQLite
Aprenda a converter MySQL em SQLite (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Existem poucas opções para a conversão de um banco de dados MySQL em SQLite. Visto que existe uma diferença mínima entre a sintaxe dos dois sistemas de banco, é necessário um programa de conversão ou um script para trabalhar com um extenso conjunto de registros. Exemplos desse tipo de programa são o "SQLiteConverter" (para Mac OS X), o "DBConvert for MySQL & SQLite" (para Windows) e o "MySQL to SQLite Converter" (para Linux).

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    SQLiteConverter

  1. 1

    Obtenha o aplicativo "SQLiteConverter" para o sistema operacional Mac em sqlabs.com/sqliteconverter.php. Com ele, é possível converter diferentes bancos de dados baseados em SQL e em ODBC em uma sintaxe de operação SQLite. No entanto, para atender às suas necessidades, o aplicativo converte MySQL em SQLite. O programa dispõe de um processo de criação com uma tabela aperfeiçoada e pode criar um arquivo de registros para confirmar conversão e verificação de erros. Pode ser adquirido no site do fabricante por cerca de R$ 100,00.

  2. 2

    Se você precisa de um programa baseado em Windows, adquira o "DBCovert for SQLite & MySQL" acessando dbconvert.com e converta um ficheiro de descarga MySQL em banco de dados MyLite. O programa é vendido por cerca de R$ 200,00 no site do fabricante. Esse aplicativo também suporta conversão bidirecional, o que significa que converte SQLite em MySQL, se necessário.

  3. 3

    Baixe e utilize o "MySQL to SQLite Converter", caso possua um sistema operacional baseado em Linux, para converter um ficheiro de descarga MySQL em um arquivo SQLite. O script é gratuito e disponível ao público no repositório do Github. Para utilizá-lo, baixe-o em seu computador, prepare o arquivo executável e execute-o. Para isso, aliste o arquivo de ficheiro MySQL, defina o arquivo de destino SQLite e acesse as variáveis de comando adequadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível