Costume judaico de acender velas para o sábado

Escrito por stephanie mitchell | Traduzido por eliel soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Costume judaico de acender velas para o sábado
As famílias judias acendem um par de velas a cada noite de sexta-feira (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)

Os judeus acendem as velas do sábado (Shabbat), logo antes do pôr do sol na noite da sexta-feira, para sinalizar o início do dia do descanso e diferenciá-lo da semana de trabalho que se encerra. É tudo parte de um pequeno culto realizado tradicionalmente pelas famílias em casa, antes da refeição da noite de sexta-feira. Os costumes associados ao ato de acender velas são praticados pela maioria das famílias judias espalhadas pelo mundo.

Outras pessoas estão lendo

Bênção

O ato de acender as velas no sábado judaico é o começo do culto familiar, chamado Kiddish, para dar as boas vindas ao dia do descanso. A benção proferida sobre as velas se traduz por “Bendito és tu, Senhor, nosso Deus, Rei do Universo, que nos tem santificado através de teus mandamentos e que nos ordenaste que acendêssemos as velas do sábado”. Após esta benção ser recitada ou cantada e as velas serem acessas, os judeus consideram ter iniciado o dia do descanso.

Costume judaico de acender velas para o sábado
Acender velas é apenas uma parte do culto do kiddish, que também inclui a cerimônia de partir o pão (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

O papel das mulheres

Tradicionalmente, as mulheres da família acendem as velas do sábado. Os homens têm outros papeis no culto, especificamente as bênçãos proferidas sobre o vinho e o pão, mas a tarefa de acender as velas pertence às mulheres e às meninas. A tradição diz que, espiritualmente, as velas acesas pelas mulheres estendem sua luz e calor ao longo da semana, enquanto as velas acesas por homens não queimam por tanto tempo. As meninas judias começam a acender as velas tão logo seus pais julguem seguro, muito antes dos ritos de passagem para a idade adulta.

Costume judaico de acender velas para o sábado
Após as mulheres acenderem as velas, os homens abençoam o vinho (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Passar as mãos sobre as velas

O procedimento tradicional de se acender as velas do sábado é composto de três etapas: a mulher acende as velas, fecha os olhos passando as mãos sobre as velas três vezes e, cobrindo os olhos, recita a benção de boas vindas ao sábado, aos espíritos dos ausentes ou falecidos os quais os celebrantes desejem incluir e a qualquer outra coisa boa que eles desejem atrair durante o culto.

Costume judaico de acender velas para o sábado
Acender as velas do Hannukah também é uma responsabilidade das meninas (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Cobrir os olhos

As mulheres cobrem os olhos enquanto recitam a benção sobre as velas por causa de uma tecnicalidade da lei judaica. É tradição dos judeus recitar uma bênção antes de realizar a ação associada a ela, porém, a benção sobre as velas do sábado inicia o sábado, e não é permitido acender fogo após o início do dia santo. A tradição judaica contorna esta situação paradoxal, fazendo com que as mulheres cubram os olhos, evitando assim, que vejam por completo as velas acesas até depois da benção, quando acenderiam as velas se fosse permitido.

Costume judaico de acender velas para o sábado
A lei judaica criou uma cultura rica e complexa. (Comstock/Comstock/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível