Como costurar uma saia de crinolina

Escrito por elizabeth tumbarello | Traduzido por ingrid marçal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como costurar uma saia de crinolina
Uma saia deixando aparecer um pouco da crinolina (Barbara, http://www.flickr.com/photos/jorbasa/2715994311/)

As saias vitorianas de crinolina foram, provavelmente, as peças do vestuário feminino mais inconvenientes e desconfortáveis de se usar. Elas eram feitas com aros de metal que faziam com que a saia ficasse bem estufadas, dando à mulher que a usava a silhueta desejada daquele tempo. Em algum momento da história, as palavras "saia" e "crinolina" tornaram-se sinônimos. As saias de crinolina de hoje são apenas saiotes que são bem mais gentis com o corpo da mulher e mais fáceis de fazer.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • 4,5 m a 9 m de tule (mais, dependendo do seu corpo)
  • Fita de viés
  • Colchetes de gancho (2-3 pares)
  • Máquina de costura ou agulha e carretel de linha
  • Fita métrica
  • Alfinetes
  • Tesoura

Lista completaMinimizar

Instruções

    Medindo e calculando quanto pano será necessário

  1. 1

    Use a fita métrica para medir sua cintura.

  2. 2

    Multiplique a medida de sua cintura por 2.

  3. 3

    Divida o valor obtido no passo 2 por 13.

  4. 4

    Esse valor final determina quantos metros de tule serão necessários. Por exemplo, se você tem 36 cm de cintura, dobre esse valor para 72 cm, dividido por 13 será pouco mais que 5 metros de tecido para fazer a saia.

    Criando a saia

  1. 1

    Use a tesoura para cortar a fita de viés 5 cm mais larga que a medida total de sua cintura.

  2. 2

    Use os alfinetes e comece a pregar o tule à fita de viés, a aproximadamente 2 cm da borda da fita.

  3. 3

    Dobre o tecido. Quanto menor forem as dobras mais armada a saia irá ficar.

  4. 4

    Use a máquina de costura ou a agulha e a linha para costurar o tule à fita de viés. Alinhe as bordas do tule em ambos os lados da saia. Costure eles juntos até atingir a fita de viés.

  5. 5

    Costure uma pequena bainha na fita para que as bordas não fiquem à mostra. Prenda os colchetes de gancho ao viés, assegurando-se de que eles estejam corretamente posicionados antes de prendê-los definitivamente.

Dicas & Advertências

  • O tecido de tule não desfia quando cortado, então não há necessidade de fazer o acabamento na parte de baixo da saia.
  • Algumas vezes, uma única saia de tule não é suficiente para proporcionar a silhueta desejada. Usar múltiplas saias é opcional, assim como fazer várias camadas em somente uma saia.
  • Como regra geral, essas saias são mais curtas que a saia que vai por cima delas. No entanto, algumas pessoas preferem deixar a saia de tule aparecendo por baixo da bainha ou usá-la como saia comum. Se for fazer isso, experimente diferentes cores de tule.
  • O tule derrete quando exposto ao calor ou ao fogo. Não passe as saias com ferro ou exponha-as ao fogo. O véu é um tecido mais barato, mas é mais áspero para a pele. A camada interior da saia pode ser costurada com outro tecido, como um tecido antiderrapante.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível