Mais
×

Como criar um genograma familiar

Atualizada March 23, 2017

O Dr. Murray Bowen, um terapeuta familiar, desenvolvia genogramas na década de setenta para marcar as relações entre os membros da família, de acordo com a New England Historic Genealogical Society. Os médicos começaram a usá-los para observar as tendências de saúde e doença nas famílias. Os geneticistas, genealogistas e outros profissionais criaram genogramas usando um software especial, como o GenoPro ou GeneWeaver, mas os especialistas da Northwestern University, perceberam que é possível criá-lo em casa usando ferramentas simples como as opções do grupo "Ilustrações" da aba "Inserir" do Microsoft Word, ou mesmo criando um cartaz.

Instruções

Faça o seu genograma médico (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)
  1. Organize seus dados históricos familiares em grupos, separando cada geração de antepassados ​​e agrupando familiares em ordem. No mínimo, os dados históricos devem incluir a data da morte, a idade no momento e sua causa para cada parente. Anotar características genéticas, como a cor dos olhos ou do cabelo, e quaisquer problemas de saúde, como alergias ou abortos, fornecerá informações adicionais para o genograma em geral, mas estas informações não são críticas. A New England Historic Genealogical Society observa que os genogramas podem incluir informações muito mais detalhadas, incluindo características físicas, hábitos, atividade física, dieta, problemas médicos ou dentários e acidentes.

  2. Comece mapeando os seus antepassados ​​na cartolina com lápis de leve em primeiramente, para se certificar de que todas as informações caberão. Depois de ter desenvolvido um layout e ter certeza que caberá, marque formas e linhas usando uma canetinha. Se você estiver usando um programa de computador como o Microsoft Word comece a colocar símbolos para cada parente. Os quadrados representam os homens, e os círculos representam as mulheres. Marque uma linha ou um X através da forma se a pessoa já morreu. Coloque a idade da morte dentro do quadrado ou círculo e inclua sua causa diretamente sob a forma. Alguns genogramas usam códigos de doenças para as causas da morte, outros apenas usam rótulos, os fatores determinantes são as suas limitações de espaço, o número de gerações que você incluirá e o grau de detalhe que quer em seu genograma.

  3. Conecte os pais com uma única linha. Desenhe uma linha para baixo deles para mostrar qualquer descendência que eles tiveram. Anote detalhes médicos para os filhos da mesma forma que fez com os pais, quadrados representam os homens e os círculos, as mulheres. Inclua a idade e a causa da morte, bem como quaisquer características genéticas de cada membro da família. De acordo com o site Genealogy Today, um bom genograma inclui pelo menos três ou quatro gerações, isso garantirá dados suficientes para permiti-lo discernir tendências de saúde.

Coisas Necessárias

  • Computador com Microsoft Word
  • Cartolina
  • Canetinhas
  • Lápis
  • Dados históricos familiares
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article