Cuidados com a saúde dos pugs

Escrito por jen marx | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cuidados com a saúde dos pugs
Os pugs possuem problemas de saúde específicos de sua raça (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

Conhecidos por sua personalidade geralmente extrovertida e temperamento brincalhão, os pugs são populares como companheiros e cachorros de exposição. Além de serem suscetíveis às doenças comuns a todos os cachorros, eles também tendem a ter certos problemas. Os proprietários devem saber desses problemas antes que eles apareçam, além de conhecer algumas regras gerais para manter a saúde do seu animal de estimação.

Outras pessoas estão lendo

Nascimento

Como os pugs são braquicefálicos, eles costumam ter dificuldades para passar pelo saco amniótico ao nascer. Nesse caso, eles precisam de assistência. Assim sendo, alguns criadores preferem adotar sempre o parto cesáreo. Além disso, alguns pugs recém-nascidos têm problemas para lidar com seus cordões umbilicais.

Cuidados com a saúde dos pugs
Os filhotes de pug precisam de ajuda para nascer (Santa Pugs image by wingsinmoonlight from Fotolia.com)

Doenças hereditárias

Os proprietários devem saber que os pugs estão sujeitos a uma série de problemas hereditários, incluindo fendas de palato (distorção da parte superior da boca), entrópio (pálpebras dobradas para dentro), hemivértebra (subdesenvolvimento vertebral), displasia de quadril (estrutura anormal da articulação do quadril), luxação patelar (deslizamento da patela), doença de Perthes (quebra da cabeça do fêmur) e encefalite do cão Pug (inflamação do tecido nervoso). Os proprietários tentam evitar essas doenças ao comprarem seus cães de um criador confiável.

Cuidados com a saúde dos pugs
Os pugs devem ser monitorados para as doenças acima (pug face image by Jim Mills from Fotolia.com)

Respiração e olhos

Outros problemas em potencial que devem ser monitorados pelos donos envolvem a estrutura básica do pug. Seus olhos geralmente são mais externos do que os das outras raças de cães, então eles são mais suscetíveis a ferimentos neles. Eles também têm cabeças mais curtas do que a maioria das outras raças, o que faz com que tenham vias aéreas mais planas, que podem atrapalhar sua entrada de ar, tornando-os mais suscetíveis à insolação. Os pugs insolados devem receber água fria e ser levados a um veterinário imediatamente.

Cuidados com a saúde dos pugs
A estrutura facial dos pugs impacta sua saúde (happy fawn pug image by Paul Hill from Fotolia.com)

Obesidade

Os proprietários de pugs devem aderir rigidamente às regras gerais de porções de comida e limitar a quantidade de besteiras que seus cães comem. Além de seu grande apetite, eles não costumam se exercitar muito, pois geralmente são cachorros de colo. Porém, os proprietários devem estimular seus pugs a se exercitarem, pois a obesidade leva a uma série de problemas, como diabetes tipo II e hipotiroidismo.

Cuidados com a saúde dos pugs
Os pugs ficam obesos facilmente (Sitting Pug image by LOLA from Fotolia.com)

Cuidados com a pele

Os pugs precisam de cuidados extras com a pele, especialmente devido às suas rugas faciais. A escovação uma ou duas vezes por semana e a limpeza do interior das rugas ajuda a evitar irritações e infecções nas áreas sensíveis. Caso o pug não seja limpo corretamente, ele pode sofrer de piodermite das dobras cutâneas, que é marcada não apenas por inflamações e irritações, mas também por um odor ruim, devido à umidade das dobras.

Cuidados com a saúde dos pugs
Poeira e umidade podem se acumular nas rugas do pug (Curious Pug, focus on mouth and whiskers area of face. image by Paul Hill from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível