Como cuidar de cães que ingeriram ácido de pilhas ou baterias

Escrito por kimberlee ferrell | Traduzido por julio vizo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de cães que ingeriram ácido de pilhas ou baterias
O ácido de bateria é uma substância química cáustica que pode prejudicar a pele, língua, garganta e estômago de seu cão (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

O ácido de bateria é uma substância química cáustica que pode prejudicar a pele, língua, garganta e estômago de seu cão. Eles geralmente podem ingerir ácido de bateria de duas maneiras: lambendo toda a pele que tenha entrado em contato com a substância, ou mastigando uma bateria ou pilha encontrada em um controle remoto ou relógio. O tratamento rápido vai acabar com a dor do seu animal e até mesmo salvar sua vida.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Luvas
  • Leite de magnésio
  • Óleo vegetal
  • Leite
  • Água fria

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Veja se o seu cão está com sintomas de envenenamento por ácido de bateria. Os sintomas podem incluir queimaduras esbranquiçadas, pele avermelhada, vômitos, recusa alimentar, dor na boca e estômago, baba pesada e hálito fétido.

  2. 2

    Ligue para seu veterinário ou serviço veterinário de emergência de seu bairro imediatamente para agendar uma consulta emergencial.

  3. 3

    Trate seu cão com leite de magnésia, óleo vegetal ou leite se ele ainda for capaz de beber. Use uma colher de sopa para cada 4,5 quilos de peso do animal. Não induza o vômito, pois o ácido da bateria pode causar danos adicionais se voltar para a garganta do animal.

  4. 4

    Lave todas as áreas da pele que tenham ácido de bateria com grandes quantidades de água fria. Limpe o máximo possível, e então, leve o seu cão ao veterinário imediatamente.

Dicas & Advertências

  • Use luvas para evitar contato com o ácido de bateria em sua pele.
  • Não espere que seu cão comece a apresentar os sintomas de envenenamento. Eles podem não aparecer antes de 12 horas após a ingestão.
  • Apresse-se para os cuidados veterinários se ele estiver inconsciente.
  • As baterias ou pilhas ainda são perigosas, mesmo se não forem mastigadas ou quebradas. Elas podem obstruir o sistema digestivo do seu cão e precisam ser removidas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível