Como curar uma assadura

Escrito por ashley leonard | Traduzido por lucas martin
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A assadura ocorre quando certas partes do corpo se esfregam. Ela pode ser dolorosa e, às vezes, causar bolhas na pele. A cura pode parecer difícil, mas é possível com o uso de produtos de uso diário, encontrados em casa. Há muitas maneiras de combater o problema, como o uso de talco de bebê e roupas de algodão. Pode levar algum tempo até que a pele volte ao normal, mas contanto que você use esses remédios, poderá curá-la e prevenir irritações.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Talco
  • Roupas de algodão
  • Pomada

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Aplique o talco nas áreas que estão assadas. Ele acaba com a causa principal que é o atrito. Isso permitirá que as zonas deslizem umas contra as outras com facilidade, em vez de se esfregarem. Evitará também que as áreas fiquem úmidas, por isso, quando se tocarem, não assarão. Você poderá comprar o talco na farmácia ou no supermercado mais próximo.

  2. 2

    Use roupas de algodão folgadas, pois elas permitem que a área respire. No entanto, uma roupa muito solta poderá causar um atrito extra. O tecido de algodão permite que a umidade evapore, por isso, use calças largas de algodão se a assadura estiver nas coxas, ou camisas, se forem na parte superior do corpo.

  3. 3

    Use pomada sobre as áreas onde estão ocorrendo as assaduras. Os unguentos, como a pomada de óxido de zinco e vaselina darão à área uma lubrificação suficiente para evitar uma assadura maior. A pomada também pode aliviar e curar a irritação.

  4. 4

    Coloque bandagens sobre quaisquer feridas abertas causadas pelas assaduras. Algumas vezes, quando as zonas não são tratadas rapidamente, começam a se formar bolhas. A bandagem permite que a pele deslize uma contra a outra e impeça a formação de um assadura extra.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível