Mais
×

Por que os dálmatas são associados aos bombeiros?

Em alguns países, é comum ver um cão elegante com pintas pretas no corpo em um carro de bombeiros. Nenhuma outra raça canina além do dálmata é tão fortemente associada aos bombeiros. Isso se explica pela capacidade natural do dálmata de conviver bem com os cavalos.

Por que os dálmatas são associados aos bombeiros? (Image from Wikimedia Commons.)

Origens

De acordo com a "Encyclopedia of Dog Breeds" de D. Caroline Colie (Enciclopédia das raças de cães, sem tradução no Brasil) o dálmata é uma raça antiga que se originou de uma região que hoje é chamada de Croácia. Os dálmatas foram levados para a Inglaterra durante as Cruzadas.

Função

Na Inglaterra, observou-se o que os dálmatas conviviam muito bem com cavalos, além de serem cães de guarda excelentes. Na era vitoriana, os proprietários de cavalos e os cocheiros usavam os dálmatas para vigiar os animais.

Nova função

Com o advento dos veículos de bombeiros conduzidos por cavalos, os dálmatas foram usados para vigiar os equinos e os veículos. Os cães eram rápidos o suficiente para correr ao lado dos cavalos e chegar ao local de incêndio com os bombeiros.

Problema

Um problema dos dálmatas é que eles são propensos à surdez congênita. Alguns corpos de bombeiros optam por um cão sem raça definida, mas têm um dálmata para acompanhá-los em desfiles e aparições públicas.

Curiosidade

Desde 1951, a National Fire Prevention Association (Associação Nacional de Prevenção de Incêndios, em tradução livre) tem usado Sparky, um personagem cartunesco na forma de um dálmata, para materiais promocionais, o que também ajuda a reforçar a imagem da raça como cão de bombeiros.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article