Como dançar bem a dois

Escrito por jennie wakefield | Traduzido por evelin beatriz
Como dançar bem a dois

O seu olhar reflete no respeito ao seu parceiro

silhouette of fiddles image by siloto from Fotolia.com

O swing é uma das formas mais democráticas de dança. Alguns dizem que se você pode andar, também pode dançar. No entanto, existem muitos níveis de requinte na pista de dança. As aulas de iniciante ensinam o básico de dar peso, evitar tonturas, a compreensão da estrutura musical e a regra de terminar com a dama à direita. Com o tempo, serão aprendidos movimentos avançados e floreios. Mas alguns dançarinos trazem uma presença para a pista de dança que elevam sua qualidade de dança. Para refinar a sua habilidade e aumentar o seu prazer (e o prazer daqueles que dançam com você), leve em consideração as dicas a seguir.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Patine através da pista deslizando com seus joelhos. Sinta o chão ao invés de tentar escapar pulando. Um sapato com sola de couro vai ajudá-lo a sentir o deslize ao caminhar.

  2. 2

    Deslize a cada batida da música. Isto é, um deslize rápido e estável, de modo a manter os seus pés na mesma direção de seu corpo e não a frente, ou você pode perder o equilíbrio.

  3. 3

    Antecipe o término dos movimentos "começando a parar" antes da última batida da frase musical. Por exemplo, se o movimento exige que pare no oito e esteja pronto para o próximo passo na seguinte batida, você deve se preparar para parar várias batidas antes da batida final. Para ajudar nisso, escute a música e observe como o interlocutor dá o comando de antecedência para o próximo passo. Você, também, deve preparar-se para o próximo movimento antes que ele comece. A dança deve ser consciente.

  4. 4

    Sinta a força centrífuga do swing, arredondando os braços na posição de dança. Mantenha seus ombros paralelos com os ombros do seu parceiro na medida do possível. Nesta posição, imagine que você e seu parceiro fossem o centro de força, como um recipiente de dois corpos. As forças são exercidas para fora, é necessário um contrapeso para conseguir agilidade e sentir a condução. Esta ideia vai ajudar a garantir que você está dando peso na sua dança e ter o mesmo de seu parceiro.

  5. 5

    Dê vida aos seus braços mantendo os músculos em volta de sua escápula firmes, ao invés dos músculos de seus braços. Isso os manterá vivos e atentos, mas ainda passarão a sensação de suavidade que a dança exige.

  6. 6

    Concentre seus olhos no seu parceiro, não só para evitar tontura, mas para transmitir respeito. Seu olhar reflete seu respeito perante ao outro dançarino sobre energia, idade, beleza, falta de beleza, capacidade física e preferências. Ele reflete também a sua auto-estima.

  7. 7

    Chame alguém para dançar, que tal pessoa "não faça o seu tipo". Imagine a surpresa no rosto da pessoa quando se oferecer. Você criará um exercício de se libertar de seus preconceitos, pensando fora da caixa. Se a pessoa negar, esqueça. Você está dando o seu melhor como dançarino quando se propõe a fazer da dança uma experiência comunitária.

Dicas & Advertências

  • Músicas para dançar swing podem ser contadas em frases de oito. Os movimentos normalmente possuem 2, 4, 6, 8 ou 12 cada.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media