Como o diabetes causa cegueira?

Escrito por contributing writer | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como o diabetes causa cegueira?
A retinopatia diabética, se não tratada, pode levar à cegueira (Diabetic retinopathy, www.topnews.in)

Outras pessoas estão lendo

O diabetes aumenta o risco do doença no olho

Aproximadamente 40% das pessoas diagnosticadas com diabetes nos Estados Unidos têm alguma forma de retinopatia diabética. Retinopatia refere-se à lesão não-inflamatória à retina do olho, na maioria dos casos causada por problemas no suprimento sanguíneo. A retina é um tecido localizado no fundo do olho e é sensível à luz. O quadro leva a uma visão diminuída e eventualmente à cegueira. Os diabéticos também têm alto risco de adquirirem outros problemas como cataratas (perda da transparência das lentes oculares) e glaucoma (aumento da pressão do fluido no olho).

Retinopatia precoce

A retinopatia precoce também é conhecida como retinopatia não-proliferativa. O controle inadequado do açúcar sanguíneo em pacientes diabéticos faz os pequenos vasos sanguíneos do olho ficarem particularmente frágeis e desenvolverem manchas chamadas de micro aneurismas. O fluido é então extravasado para a mácula, que é responsável pela visão precisa. Esse problema é referido como edema macular. A medida que a doença progride, alguns do vasos sanguíneos danificados são fechados, bloqueando o suprimento sanguíneo para partes da retina. Nenhum vaso sanguíneo novo cresce durante esse estágio da retinopatia.

Retinopatia em último estágio

Durantes os últimos estágios da retinopatia, novos capilares crescem no olho para suprir sangue para as áreas que foram danificadas. Isso é o motivo desse último estágio da retinopatia ser geralmente referido como retinopatia proliferativa. Esses novos capilares são muito frágeis. Sangramento a partir desses novos capilares pode reduzir gravemente a capacidade visual e causar cegueira. Em alguns casos, o sangramento pode levar a retina a se descolar da parede do olho.

Fatores de risco para retinopatia diabética

De acordo com o Estudo Epidemiológico sobre Retinopatia Diabética de Wisconsin (WESDR), 3,6% dos pacientes com diabetes tipo 1 e 1,6% dos pacientes com diabetes tipo 2 estavam legalmente cegos nesse estudo. O principal fator de risco para o desenvolvimento de retinopatia diabética é a duração do diabetes. Entre os pacientes com diabetes tipo 1 no estudo WESDR, 8% desenvolveram alguma forma de retinopatia diabética com 3 anos após o diagnóstico, 25% com 5 anos e 80% com 15 anos. Na média, leva 15 anos para ir do primeiro estágio de retinopatia diabética até a cegueira se não for tratado corretamente.

Detecção precoce da retinopatia pode prevenir cegueira

O estágio inicial da retinopatia é tratável. Se você tem diabetes, deve-se checar os seus olhos todo ano. Caso tenha alguma dificuldade em enxergar claramente, procure um oftalmologista imediatamente. Um bom controle dos níveis sanguíneos de açúcar através do uso de metformina, por exemplo, ou através de modificações no estilo de vida, também previne o início e desacelera a progressão da retinopatia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível