Remoção de uma casca de ferida

Escrito por alexis writing | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Remoção de uma casca de ferida
Quem nunca ouviu da mãe que retirar as "casquinhas" dos machucados era algo ruim? (NA/AbleStock.com/Getty Images)

As crianças muitas vezes são ensinadas a não retirarem as "casquinhas" das feridas, com a justificativa de que elas ajudam no processo de cura. Essa sabedoria popular é tecnicamente falsa. Essa casca na verdade impede que novas células sejam formadas, o que pode resultar no aparecimento das cicatrizes. Prevenir a formação dessa crosta é a melhor maneira de promover a cura. No entanto, removê-la também é perigoso, pois pode retirar uma nova camada de pele e obrigar que o processo inicie novamente, levando à uma cura mais longa e à formação de cicatriz. Há um jeito certo e um errado de remover as cascas de uma ferida. Fazê-lo corretamente resultará em uma pele mais saudável com mais rapidez.

Outras pessoas estão lendo

Umedeça e limpe

Para a grande maioria das feridas, a remoção da casca é uma questão de manter limpa a área afetada e de lavá-la frequentemente. Mantê-la úmida e limpa fará com que ela se cure mais rapidamente. Pegue um pano úmido com sabão e limpe delicadamente a crosta. Certifique-se de que toda a crosta, inclusive nas bordas, seja limpada. Seja o mais suave e leve possível com a limpeza — se usar muita força, a crosta começará a sangrar, fazendo com que uma nova seja formada e prolongando ainda mais o processo de cura. Aplique uma pomada antibiótica e você estará a um passo da cura.

Tratamento pós-operatório

Muitos pacientes que passaram por cirurgia recentemente, especialmente as de restauração capilar, são encorajados a tentar remover as crostas que se formam, pois elas podem conter bactérias. Tal remoção deve ser feita apenas através de técnicas especiais. Por exemplo, aqueles que tenham sido submetidos à restauração capilar muitas vezes são medicados com um shampoo especial, que deve ser usado massageando o couro cabeludo com as pontas dos dedos, estimulando assim a remoção das cascas. Outros recomendam um "spray" de biotina. Seja qual for o caso, se as cascas necessitarem de tratamento pós-operatório, verifique com o médico quais são os procedimentos corretos!

O que não fazer

É claro que algumas pessoas ficam impacientes e querem remover as cascas imediatamente. Fazer isso tão cedo alonga o período de cura e gera uma cicatriz mais visível. Faça o que fizer, não remova crostas por descamação ou raspagem. Não cutuque as bordas nem para ver se elas estão "difíceis" de remover. O corpo "expulsa" a crosta quando ela não for mais necessária, por isso seu trabalho é mantê-la limpa e promover a cura gradualmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível