Dicas para remover o calcário em lava-louças

Escrito por debbie mcrill | Traduzido por thiago silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para remover o calcário em lava-louças
Saiba como remover o calcário de sua lava-louças

O termo "depósito de calcário" é bem conhecido em regiões geográficas ricas em minerais e a água é tida como "dura". Por mais que o problema seja conhecido como depósito de calcário, o culpado é o carbonato de cálcio, que deixa traços de calcário que se acumulam com o tempo.

Abaixo do solo, a água passa por terra e rocha, que sugam minerais da mesma. Além do cálcio, uma combinação de magnésio, ferro, cobre e ferrugem também afetam a qualidade da água.

Outras pessoas estão lendo

Problemas na água

O nível de minerais na água influencia sua potabilidade e pode causar danos em encanamentos e afins. Os efeitos destes depósitos podem ser percebidos através de resíduos similares a giz em pratos, peças na cozinha e no banheiro e em eletrodomésticos.

Danos permanentes ocorrem com o tempo, reduzindo a vida útil dos eletrodomésticos. Aquecedores de água, lava-louças e pequenos aparelhos como cafeteiras são mais suscetíveis a estes problemas. O calor produzido interage com a água, que libera mais minerais, intensificando o efeito.

Removendo o acúmulo

Há diversos produtos para a remoção de calcário, tanto comerciais quanto caseiros, e a maioria você encontra em supermercados, mas lembre sempre de seguir as recomendações do fabricante.

Há soluções caseiras para isso que não contam com produtos químicos. Outra vantagem é que não custam caro. Vinagre, bicarbonato de sódio, suco de limão e ácido bórico removem bem este calcário. O vinagre pode ser adicionado durante os ciclos de lavagem da máquina, removendo o excesso de calcário enquanto isso. Algumas colheres de chá de bicarbonato de sódio ou ácido bórico podem ser adicionados ao detergente para evitar o depósito de calcário.

Suco de limão, vinagre ou bicarbonato de sódio também podem sem colocados em um pratinho na prateleira superior da lava-louças. Com os jatos de água, estes agentes se espalharão, limpando os pratos e a máquina em si. A quantidade exata a ser usada varia com o tipo de água. Comece com algumas colherinhas de chá de bicarbonato ou uma xícara de vinagre ou suco de limão e ajuste se necessário.

Prevenção

A maneira mais fácil de garantir que depósitos de calcário e afins não afetarão os eletrodomésticos é tratando a água. Há diversas maneiras de fazê-lo. Uma delas é com o uso de sal, que ao ser liberado na água, remove o carbonato de cálcio. O problema deste método é que a água salgada acaba sendo liberada por meio do esgoto em lagos e cursos de água, causando impacto ambiental.

Estão disponíveis no mercado também diversos sistemas de tratamento de uso doméstico. Estes incluem filtragem mecânica, filtragem de carvão ativado, filtragem por oxidação, filtragem neutralizante, filtragem por osmose reversa, destilação, tratamento ultravioleta, emprego de emolientes ou desinfecção por cloração. O uso de emolientes ou osmose reversa é específico para remoção de carbonato de cálcio.

Para serem eficazes por completo, estes sistemas precisam ser instalados na entrada de água da casa, protegendo todas as fontes e eletrodomésticos. Os custos podem variar entre R$875,00 e R$5460,00, com custos de instalação adicionais. As referências são do ano de 2009.

Há soluções mais baratas, abaixo de R$200 ou na casa das centenas (dados de 2009) para sistemas instalados abaixo da pia. Estes aparelhos tratam água para beber, mas geralmente não ficam ligados ao encanamento da lava-louças.

O uso de um sistema de tratamento ou uma rotina regular de remoção do calcário prolongará a vida útil da máquina e resultará em louças brilhantes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível