Qual a diferença entre espirometria de fluxo e de volume?

Escrito por shawn radcliffe | Traduzido por eduardo horst maidana
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual a diferença entre espirometria de fluxo e de volume?
Espirômetros avaliam a função pulmonar (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Respirar é uma atividade que pode passar despercebida até que algo esteja errado. Pessoas com problemas de pulmão, como asma ou enfisema, sabem quando estão tendo problemas ao respirar. Os médicos precisam medir precisamente a função pulmonar para determinar a existência de doenças e avaliar a eficácia do tratamento. Para fazer isso, eles usam um aparelho chamado espirômetro.

Outras pessoas estão lendo

Espirômetro de fluxo

Um dos tipos de espirômetros mede a velocidade com a qual o ar flui para dentro e para fora do pulmões. Esse aparelhos, chamados espirômetros de fluxo, são menores do que o espirômetros de volume. Conforme a pessoa inspira e expira no espirômetro, um detector mede a velocidade do ar de 30 a 300 vezes por segundo. A velocidade do ar pode ser utilizada para calcular o volume de ar circulante. O detector pode medir a velocidade utilizando uma pequena turbina que gira ou um fio aquecido.

Desvantagens e vantagens do espirômetro de fluxo

Por serem aparelhos pequenos, os espirômetros de fluxo são portáteis. Além disso, os sensores que medem a velocidade do ar são descartáveis, o que previne a transmissão de doenças como gripes ou resfriados pelo aparelho. Contudo, os espirômetros de fluxo são difíceis de calibrar (uma forma de verificar se as informações coletadas estão precisas). Além disso, eles não fornecem leituras em tempo real.

Espirômetro de volume

Os espirômetros de volume medem o volume de ar que é inspirado e expirado em um certo período de tempo. Esses aparelhos fornecem leituras em tempo real do volume sobre o tempo. Alguns espirômetros de volume funcionam de forma semelhante a foles de acordeons, que se movem conforme a pessoa respira dentro do tubo. Outros tipos incluem um selo que pode ser seco ou formado pela água.

Desvantagens e vantagens do espirômetro de volume

Alguns espirômetros de volume são portáteis, enquanto outros são pesados e difíceis de carregar. Eles permanecem calibrados por mais tempo do que o espirômetros de fluxo, mas podem abrigar fungos e bactérias em seu interior, se não forem bem limpos. Com aparelhos eletrônicos adicionais, esse tipo de espirômetros podem fornecer gráficos, chamados de curvas de fluxo/volume, que ajudam a avaliar a função pulmonar. Certos tipos de atividades pulmonares, como tossir ou respirar superficialmente, não são bem avaliadas por espirômetros de volume.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível