Diferenças entre extensões do Firefox e do Chrome

Escrito por ashley poland Google | Traduzido por weber figueiredo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre extensões do Firefox e do Chrome
Saiba as diferenças entre as extensões dos navegadores Firefox e Chrome (Comstock/Comstock/Getty Images)

Tanto o Firefox quanto o Chrome permitem aos usuários criar e instalar extensões. Com elas, o usuário pode criar um navegador personalizado, instalando funções e ferramentas que não estão presentes por padrão. Se você possui uma extensão projetada para ambos os navegadores, talvez possa não notar uma diferença mensurável quanto à função e design. No entanto, há diferenças consideráveis ​​entre as duas extensões.

Outras pessoas estão lendo

Opções de interface

O Firefox permite fazer praticamente qualquer tipo de alteração imaginável no navegador. Não há realmente nenhum limite para tornar a interface mais acessível ao usuário. Já o Chrome é muito mais limitado nesse aspecto. Com ele, você pode criar um botão ao lado da barra de endereços, um botão na barra de endereço ou um item no menu do botão direito do mouse quando um usuário clica na página. Isso faz das extensões do Firefox mais flexíveis, porém mais complexas.

Arquitetura básica

O Chrome requer o uso de JavaScript, CSS e HTML - linguagens básicas de websites - para construir sua interface com a extensão. O Firefox também usa essas línguas básicas, mas recomenda o uso de XUL (XML User Interface Language). Como ambas as extensões podem usar JavaScript, CSS e HTML, é possível usar a maior parte do código de uma na interface da outra.

Extensões e pacotes

Ambos os tipos são arquivos compactados que contêm vários outros arquivos, os quais formam a extensão. A extensão do Chrome, quando empacotada, é um arquivo CRX. Um arquivo CRX é tratado a partir da página de extensões no Chrome, entrando no modo de desenvolvedor e escolhendo a opção para empacotar uma extensão. O arquivo XPI do Firefox é na verdade apenas um arquivo zipado com um tipo de arquivo especial.

Instalação básica

Chrome e Firefox têm seus próprios sites para navegação e instalação de extensões. Para o Chrome, chama-se Chrome Web Store e, no Firefox, ele é simplesmente chamado Add-ons para Firefox. Ambas as lojas dizem se a autoria de uma extensão é verificada, o que significa dizer que o criador é conhecido e confiável. Você pode pesquisar extensões e instalar diretamente no seu navegador. No Firefox, você precisa reiniciar o navegador para começar a usar um add-on, enquanto que no Chrome, você pode começar a usar automaticamente. O Chrome avisa sobre quais dos seus dados a extensão precisará acessar para seu funcionamento.

Ajuda no desenvolvimento

Ambos os navegadores possuem documentações para auxiliar na criação de uma extensão, tanto oficiais quanto na forma de tutoriais não oficiais. O Firefox oferece uma documentação mais ampla e variada para a criação de extensões, principalmente porque a Mozilla passou a suportar extensões há muito mais tempo do que o Chrome - o Firefox foi lançado em 2004, portanto está em desenvolvimento por mais tempo do que o Chrome, lançado em 2008. Por ser mais recente, a documentação do Chrome é mais simples, já que suas extensões são mais limitadas. Todas as informações sobre a extensão estarão disponíveis no Google Code Labs e linkadas na barra lateral. O desenvolvimento de add-ons para Firefox tem a cobertura da Mozilla Developer Network e se estende por várias páginas e tópicos diferentes na documentação do MDN.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível