Diferenças entre a fotossíntese de uma planta e a de uma bactéria

Escrito por edriaan koening | Traduzido por andre trapani possignolo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre a fotossíntese de uma planta e a de uma bactéria
O processo fossintético das plantas é diferente do das bactérias (ULTRA.F/Photodisc/Getty Images)

A fotossíntese nas plantas ocorre em organelas conhecidas como cloroplastos, de acordo com a Universidade de Illinois. Antigamente, cloroplastos viviam como bactérias livres, até que invadiram células não fotossintéticas e, finalmente, foram incorporados em plantas.

Outras pessoas estão lendo

Pigmentos

Para absorver a luz solar, as plantas possuem pigmentos conhecidos como clorofila A, clorofila B e carotenoides. Já as cianobactérias contêm clorofila B e complexos proteicos especializados, conhecidos como ficobilissomas, para realizar essa absorção. Outras bactérias fotossintéticas dependem de carotenoides e clorofila bacteriana, que é parecida com a das plantas.

Matérias-primas

As plantas utilizam água e dióxido de carbono para realizar a fotossíntese. Com exceção das cianobactérias, as bactérias fotossintéticas não conseguem processar água. Em vez disso, utilizam moléculas orgânicas e inorgânicas que encontram no ambiente, como o sulfureto de hidrogênio e outros compostos de enxofre.

Produção de oxigênio

As plantas produzem oxigênio como subproduto da fotossíntese. Com exceção das cianobactérias, das quais se suspeita que sejam os primeiros organismos a produzir oxigênio, as bactérias fotossintéticas não têm esse subproduto. Na verdade, a maioria dessas bactérias só sobrevive em ambientes com baixos níveis do gás.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível