Mais
×

Como se dirigir a um agente militar

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A estrutura e categorias militares podem ser um pouco confusas. O exército é composto por pessoas com nomes e números que significam quem responde a quem. Pode haver pequenas variações em diferentes ramos das Forças Armadas, mas os militares devem usar certas formas de endereçamento quando se fala de outro. Mesmo se você não está no serviço militar, deve mostrar respeito para com os homens e mulheres das Forças Armadas que colocam suas vidas em risco para proteger o país, chamando-os pelos seus títulos corretos.

Instruções

Saiba como se dirigir corretamente a um oficial militar (Siri Stafford/Digital Vision/Getty Images)
  1. Alguém de classificação júnior pode se dirigir a um oficial superior pelo seu posto e último nome, ou "senhor" ou "senhora", mas eles não devem usar o primeiro nome do oficial superior.

    Generais Tenentes, Generais de Brigada e Majores Generais são todos abordados como "General".

    Todos os Tenentes são tratados como "Tenente". Só por escrito é usado "Primeiro" ou "Segundo".

  2. Um Sargento Mestre é chamado de "Sargento Mestre" e seu sobrenome ou o "Sargento" e sobrenome.

    Um sargento mestre chefe é chamado de "Chefe", e o último nome -- nunca apenas "Sargento".

    Oficiais superiores podem ligar ou falar com um oficial subalterno por apenas seu sobrenome, mas o oficial subalterno não pode fazer o mesmo por um oficial superior.

    Independente do título oficial dos militares, os capelães são chamados de "Capelão".

  3. Sargentos Major são abordados como "Sargento Major".

    Os Primeiros Sargentos são tratados como "Primeiro Sargento". Outros sargentos são chamados de "Sargento", e um cabo é chamado de "Cabo".

  4. Os soldados são geralmente chamados oralmente apenas pelos seus sobrenomes, mas "Soldado" e o sobrenome é normalmente usado em comunicação escrita e situações especiais, como diante de um painel ou placa de identificação.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article