Distúrbios graves e infecções bacterianas na pele de cães

Escrito por stephany elsworth | Traduzido por aline nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Distúrbios graves e infecções bacterianas na pele de cães
Distúrbios de pele causam irritação e desconforto em cães (dog image by Roman Yakymchuk from Fotolia.com)

Existem muitas doenças diferentes de pele que podem causar vermelhidão, coceira ou irritação na pele de um cachorro. Algumas doenças podem ser acompanhadas por crostas, descamação, inchaço e perda de pelo. Muitos destes problemas podem ser causados por infecções bacterianas primárias ou secundárias. O veterinário pode executar testes para determinar o que está causando a doença de pele do cão e prescrever um curso de tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Pioderma

Pioderma é uma infecção bacteriana que pode causar coceira e lesões vermelhas em seu cão. Pet Place indica a Pioderma é geralmente causada pela bactéria estafilococos, se ela for encontrada na superfície da pele do cão. Se a infecção ocorrer por baixo da pele o cão terá de ser examinado por um veterinário, que realizará testes para descobrir qual tipo de bactéria está causando a infecção e qual antibiótico será o mais eficaz.

Impetigo

De acordo com a Pet Education, Impetigo é uma infecção bacteriana de pele causada pela bactéria estafilococos. Cachorros com menos de um ano de idade são suscetíveis a essa doença, mas algumas raças como Dobermans e Sharpeis pode ter Impetigo na idade adulta. Os sinais indicadores da doença incluem pequenas manchas cheias de pus na barriga e sob o queixo. Estas bolsas podem se romper e formar crostas ou escamas. O impetigo raramente é uma ameaça à vida e às vezes some por si só. Ele pode ser tratado através da aplicação de creme à base de hidrogénio ou de benzoil-peróxido, uma vez por dia.

Malassezia

De acordo com a Pet Education, Malassezia é uma infecção causada pela levedura Malassezia pachydermatis. Sob circunstâncias normais, a Malassezia pode ser encontrado nos corpos da maioria dos cães, mas animais que forem geneticamente predispostos à doença ou ter uma infecção bacteriana subjacente podem desenvolver uma infecção por fungos da pele. Os sintomas são coceira, pele oleosa ou escamosa, odor fétido, vermelhidão, escurecimento da pele (hiperpigmentação) e perda de pelo. O cão também pode arranhar as orelhas se a infecção atingir o canal auditivo. Essa infecção pode ser diagnosticada por exame veterinário. Ela pode ser tratada através da utilização de xampus medicinais ou pomadas tópicas.

Seborreia

A seborreia pode causar, pele escamosa, bem como prurido e perda de pelo. De acordo com a Pet Education, a seborreia ocorre quando muita queratina (escama de pele morta) acumula-se na superfície da pele do cão. Xampus medicinais podem ajudar a controlar o acúmulo de células mortas de pele.

Eczema

O site Dog Breed Info indica que o eczema é causado por uma infecção bacteriana. Essa doença é também chamada de dermatite úmida. Os sintomas do eczema são pontos localizados no reto, traseiro ou nos ouvidos do animal que coçam e ficam avermelhados. Essas manchas podem ficar em carne viva e gerar pus ou crostas. O aparecimento de eczema pode ser repentino, ocorrendo normalmente dentro de uma a duas horas. A infecção pode ser tratada raspando o pelo em torno da ferida e aplicar antibióticos tópicos na fonte do problema.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível