O que são drogas opiáceas?

Escrito por melody hughes | Traduzido por raissa oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 O que são drogas opiáceas?
Os opiáceos são extraídos da papoula (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Um opiáceo é um analgésico narcótico que contém ópio natural ou sintético, sendo mais frequentemente usado medicamente no alívio da dor. O ópio natural é extraído das vagens cheias de sementes dos pés de papoula, na Ásia. Medicamentos que contenham os dois tipos de ópio só estão disponíveis legalmente com receita - no entanto, podem ser comprados ilegalmente nas ruas. Se utilizadas em doses elevadas durante um longo período, as drogas opiáceas são física e psicologicamente aditivas. O mau uso de opiáceos está associado a um risco elevado de overdose acidental.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de opiáceos

A morfina e a codeína são opiáceos naturais. Os opióides ou semissintéticos incluem a heroína, a hidrocodona, hidromorfona (Dilaudid), meperidina (Demerol) e oxicodona (Percodan). O fentanil (Sublimaza), a metadona (Dolophine), o propoxifeno (Darvon) e pentazocina (Talwin) são exemplos de opiáceos sintéticos. Todas as drogas opiáceas têm efeitos semelhantes, variando apenas em grau.

Opiáceos naturais

A morfina é um derivado da papoula, ou papaver somniferum. A codeína também pode ser extraída de pés de papoula, mas, na maioria das vezes, é sintetizada a partir da morfina. Essa, por sua vez, é um poderoso analgésico narcótico e é altamente viciante -- só não é mais viciante que a heroína. A morfina pode ser administrada por via oral, fumada, injetada ou inalada. Ela pode ser prescrita para aliviar a dor, ajudar com problemas respiratórios ou para o tratamento da diarreia.

Opiáceos sintéticos e semissintéticos

Os opiáceos conhecidos como codeína, hidrocodona e oxicodona são sintetizados a partir da morfina, sendo que o potencial de dependência da codeína é o menor. O meperidine, o fentanil, o propoxifeno, a pentazocina, a metadona e a heroína são totalmente sintéticos e podem ser produzidos a partir do diclorodietile e do cianeto de benzila. A heroína é a droga opiácea mais viciante, podendo levar a muitos problemas de saúde, tais como infecções cardíacas, doenças renais, doenças hepáticas e morte, possivelmente por overdose. A metadona é utilizada como um substituto para drogas opiáceas quando os pacientes em reabilitação estão em abstinência.

Efeitos dos opiáceos

Os opiáceos aliviam a dor, mas também podem produzir uma sensação de euforia. Os efeitos colaterais podem incluir sonolência, dificuldades de concentração, visão embaçada, falta de visão noturna, respiração lenta e ligeira ansiedade. Efeitos colaterais no estômago podem incluir náusea, vômito, constipação e falta de apetite.

Dependência de opiáceos e desistência do tratamento

Indivíduos que usam drogas opiáceas pode tornar-se tanto psicologicamente quanto fisicamente viciados em drogas em menos de duas semanas. Aqueles que estão deixando o uso de opiáceos muitas vezes sentem como se estivessem severamente resfriados. Além disso, os sintomas psicológicos da abstinência podem incluir alterações de humor, depressão e aumento da sensibilidade à dor. Os sintomas são desconfortáveis, mas não apresentam riscos à vida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível