Como encher de terra uma piscina que não vai mais ser usada

Escrito por erin moseley | Traduzido por fatima mesquita
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como encher de terra uma piscina que não vai mais ser usada
Cansou da piscina? É hora de enchê-la de entulho e terra (Comstock/Comstock/Getty Images)

Ter uma piscina no quintal é legal e divertido, mas o tempo e o dinheiro consumidos em manutenção podem levar algumas pessoas a desistir do "brinquedo". Se este é o seu caso e você quer se desfazer da sua piscina, saiba que não é preciso demoli-la por completo. Se tiver acesso a um martelo pneumático (pode ser alugado ou comprado), pode prepará-la e simplesmente enchê-la de terra e entulho, colocando grama por cima, fazendo tudo praticamente sozinho. Mas se a ideia de usar um martelete de destruição estiver longe dos seus sonhos, o melhor é contratar alguém que tenha o equipamento e saiba como fazer. E lembre-se ainda de que encher uma piscina de terra e entulho pode consumir um considerável volume de material, a não ser que você tenha acesso a uma fonte grátis de entulho e terra.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Planta estrutural da sua propriedade
  • Martelo pneumático (martelete de destruição)
  • Terra
  • Entulho

Lista completaMinimizar

Instruções

    Ganhe um gramado para repor a sua piscina

  1. 1

    Inspecione a área da piscina e analise as plantas da propriedade para determinar onde se encontram as tubulações de água, esgoto, eletricidade e etc. Linhas enterradas de telefonia, gás, eletricidade e encanamento precisam ser identificadas antes do começo de qualquer escavação. Remova qualquer cano que esteja próximo à superfície.

  2. 2

    Remova todo e qualquer acessório que a piscina tenha, como escadas de metal ou fibra de vidro e escorregadores, por exemplo. Remova também deques, cercas e escadas de madeira que possam existir ao redor da piscina. Use martelo e pé de cabra para dar cabo de qualquer estrutura de madeira. Tente fazer a retirada da maneira da forma mais ordenada e cuidadosa possível, de olho na possibilidade de poder vender o material do qual você não mais precisa.

  3. 3

    Faça vários furos no fundo e nas laterais da piscina vazia com o martelo pneumático. Destrua algumas áreas da base e dos lados para garantir uma boa drenagem e assentamento da estrutura da piscina após o seu preenchimento com terra.

  4. 4

    Use o martelete pneumático de destruição para quebrar a borda da piscina, de modo que nada fique acima do nível do restante do terreno. Descarte todo o entulho do seu trabalho dentro da própria piscina vazia, mas tomando cuidado para não tampar os buracos feitos para drenagem.

  5. 5

    Traga entulho e terra e descarregue tudo dentro da piscina. Use um material pedregoso e espalhe cada carregamento em camadas. Pise ou compacte de algum outro modo cada camada, para ajudar no assentamento. Continue com este processo até chegar quase ao mesmo nível do restante do terreno. A última camada deve ser de terra de boa qualidade e deve imediatamente receber uma camada de grama ou outra cobertura vegetal.

Dicas & Advertências

  • Descubra se é preciso conseguir algum tipo de alvará ou permissão e se a sua cidade tem leis que proíbem o enchimento de piscinas com entulho e terra.
  • Em certos municípios, pode ser que a lei o obrigue ainda a revelar a existência prévia de uma piscina a um futuro comprador.
  • Para qualquer obra, sempre escolha um pedreiro que tenha todo o equipamento necessário e que lhe ofereça uma descrição completa do orçamento.
  • Use de bom senso e muito cuidado ao escavar perto de linhas enterradas de eletricidade e encanamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível