Como escrever uma carta de comprovante de residência

Escrito por suz mason | Traduzido por carla yoshida
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever uma carta de comprovante de residência
As cartas de comprovação de residência precisam ser claras e concisas (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Você pode precisar de uma carta que comprove sua residência quando for se matricular em uma escola, para tirar carteira de motorista ou para outro fim que requeira esta comprovação. Há duas formas de escrever uma declaração que mostre sua residência. Escreva uma carta formal, baseada na relação entre as partes, assim como uma correspondência entre o cliente e a empresa. Use uma declaração jurada, que é uma afirmação da verdade, para fins legais, tais como depoimentos e notações públicas. Peça à pessoa que está escrevendo sua carta para seguir os padrões de formatação aceitáveis, tanto para uma carta como para uma declaração.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Insira o nome, endereço e o número de telefone principal da pessoa que escreve a carta, no canto superior esquerdo da carta ou da declaração. Alinhe essas linhas à esquerda. Pule uma linha, a cada linha, no cabeçalho.

  2. 2

    Comece sua carta com " Para quem possa interessar" ou "Prezado(a) Senhor(a)".

  3. 3

    Para uma carta formal padrão, introduza o primeiro parágrafo com: " Esta carta é para verificar que (seu nome) reside na propriedade residencial localizada (endereço) desde (mês e ano). Ele(a) paga (quantidade do valor em dinheiro) por (mês/dia/ano)."

  4. 4

    Finalize a carta com, "Caso tenha outras perguntas ou necessite de qualquer outra documentação, por favor entre em contato comigo no endereço e telefone informados acima."

  5. 5

    Pule uma linha depois do parágrafo final e digite "Atenciosamente," alinhando à margem esquerda. Pule duas ou três linhas, reservadas para o local da assinatura, e digite o nome da pessoa que assinará a carta.

  6. 6

    Imprima a carta e peça para a pessoa que está comprovando a residência assinar com caneta, no espaço deixado entre "Atenciosamente" e o nome digitado.

  7. 7

    Para concluir uma declaração jurada, inicie-a com a seguinte frase, ao invés do primeiro parágrafo da carta: "Eu, (nome da pessoa comprovando a residência), da (endereço primário), declaro que (seu nome) é meu/minha (inquilino/filho(a)/parente, etc.) e reside comigo no endereço mencionado acima." Nenhuma outra informação é necessária, ao menos que seja solicitada.

  8. 8

    Termine sua declaração com "Atenciosamente," como feito na carta. Deixe de duas a três linhas de espaço e escreva o nome de quem está se verificando o endereço em que você mora.

  9. 9

    Reconheça a declaração em cartório, se solicitado. Se você assim fizer, a pessoa deverá assinar a carta na presença do tabelião.

Dicas & Advertências

  • Se você está providenciando a comprovação da sua própria residência, use uma conta de luz que inclui seu nome e endereço, juntamente com uma identificação com foto (RG, carteira de motorista ou passaporte). Em alguns casos, você também pode usar um contra-cheque com o seu endereço como prova.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível