Como escrever uma carta a um juiz de Tribunal relativa à guarda em nome de um pai

Escrito por ireland wolfe | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever uma carta a um juiz de Tribunal relativa à guarda em nome de um pai
Escrever uma carta em nome de um pai em um caso de guarda pode ser útil (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Durante as audiências de guarda, as cartas de caráter podem ser úteis. Nessas cartas, você escreve para o juiz em nome de um dos pais que tentam obter a guarda. Elas também são conhecidas como referência pessoal ou cartas de recomendação pessoal. Essas cartas são semelhantes às cartas de recomendação de emprego, mas o foco deve estar nas habilidades paternais. A carta deve ser direta e positiva. Ela também precisa parecer profissional e não deve ter quaisquer erros gramaticais ou ortográficos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Fale com o advogado envolvido no caso. Peça a ele detalhes específicos que devem ser abordados na carta.

  2. 2

    A carta deve ter o formato de uma carta comercial. Seu endereço e a data devem aparecer no canto superior esquerdo. Escreva o nome do juiz e o endereço do tribunal depois de uma linha em branco. Enderece a carta ao juiz dizendo "Caro Meritíssimo __.

  3. 3

    Comece a carta apresentando-se e dizendo como conhece o pai e a criança. Informe a quantos anos vocês se conhecem.

  4. 4

    Adicione detalhes ao corpo. Os próximos um ou dois parágrafos serão o corpo da sua carta. É aqui que devem ser fornecidos detalhes específicos relacionados às habilidades paternas do pai e à criança, em interesse da qual está escrevendo.

  5. 5

    Inclua informações sobre a relação entre o pai e a criança, a capacidade do pai prover as necessidades básicas, como comida e moradia, e sua saúde mental e física. Inclua qualquer outro detalhe relevante. Tente não ser redundante ou começar a divagar. Uma boa carta de caráter fornecera uma forte recomendação em um página ou menos.

  6. 6

    Finalize sua carta de recomendação. Inclua suas informações de contato, caso o juiz tenha alguma pergunta. Revise sua carta antes de imprimi-la.

  7. 7

    Assine a carta e leve-a ao advogado. A maioria dos juizes não lerá as cartas não solicitadas, de modo que o advogado terá que entregar a carta ao juiz. O advogado também pode ver a carta e pedir-lhe para adicionar ou mudar alguma coisa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível