×
Loading ...

Como escrever uma carta pedindo ajuda para outra pessoa

Atualizado em 17 abril, 2017

Pedir ajuda nunca é fácil, especialmente se você está pedindo ajuda em nome de outra pessoa. Quando dinheiro ou tempo é uma preocupação para as pessoas às quais você está se direcionando, você pode sentir que é inevitável ser rejeitado. Mas se a sua carta for escrita com cuidado, você terá uma chance maior de conseguir a ajuda que você procura. Uma das coisas mais importantes para se lembrar sobre escrever este tipo de carta é organizar as informações na ordem certa.

Instruções

Uma carta bem escrita vai lhe dar uma chance maior de conseguir a ajuda que você está pedindo. (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)
  1. Decida qual é a melhor maneira de abordar seu público na carta. Normalmente "A quem possa interessar" ou um simples "Olá" sem um nome formal ligado é muito impessoal e irá afastar o leitor. Em vez disso, escolha uma saudação que faça com que o leitor se sinta especial, como se você tivesse usado seu tempo para escrever uma carta para ele. "Caro" é uma forma tradicional de introdução que não vai fazer o leitor sentir que ele é um dos muitos que você está contatando.

    Loading...
  2. Apresente-se no início da carta e pergunte ao leitor como ele está. Isso personaliza a carta e faz seu leitor sentir que você se preocupa com ele, tornando-se assim mais fácil para você ser ouvido quando você pedir ajuda mais para baixo na carta. Se você conhece o leitor pessoalmente, comece uma conversa sobre ele na introdução para mostrar que ele é importante para você e você não está apenas escrevendo para pedir ajuda. Por exemplo, "Espero que você e sua família tenham se divertido no cruzeiro para o Havaí" ou "Desculpe, mas não consegui ir visitá-lo no Natal" são boas maneiras de se conectar ao seu leitor.

  3. Forneça informações sobre a pessoa para quem você está pedindo ajuda. Não peça ajuda ainda, basta apresentar a pessoa em necessidade, dizer quem ela é, uma história breve de vida, quaisquer obstáculos ou impedimentos que ocorreram em sua vida recentemente, e qualquer outra informação detalhada que vai fazer seus pedidos de ajuda parecerem mais urgentes e necessários.

  4. Peça ajuda. Não faça pressão emocional causando um mau estar ao leitor se ele decidir não lhe ajudar. Em vez disso, use uma linguagem geral que deixa o leitor livre para tomar sua decisão. As pessoas estão mais dispostas a ajudar se não forem desconfortavelmente manipuladas. Aqui está um exemplo bem redigido: "Se você ou alguém que você conhece gostaria de doar para o fundo de pesquisa de câncer, por favor me avise." Um exemplo mal formulado seria: "Eu sei que você tem um monte de dinheiro, e se você não doar para o fundo de pesquisa do câncer, então você não se importa em ajudar as pessoas."

  5. Termine a sua carta com uma nota pessoal ou profissional dizendo "Obrigado", "Atenciosamente", etc. Após este encerramento finalize a carta com sua assinatura.

Loading...

Dicas

  • Mantenha uma postura positiva em sua escrita
  • Não faça pressão emocional
  • Conecte-se com o leitor dando informações pessoais
  • Dê a seu leitor a liberdade de escolher se deve ou não ajudar

Recursos

Loading ...
Loading ...