Estágios do pré-parto e do parto de equinos

Escrito por nancy hayden | Traduzido por eliel soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estágios do pré-parto e do parto de equinos
O trabalho de parto pode ser traumático para a égua e para o potro (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Quando se cria cavalos, o período de gestação dura entre 335 e 345 dias. Criadores profissionais em geral põem suas éguas prenhas em um estábulo especial em torno de duas semanas antes do nascimento. Cavalos podem atingir valores bem altos. Os criadores monitoram suas éguas de perto para perceber os sinais do parto bem de perto, bem como quaisquer problemas possíveis no processo em si.

Outras pessoas estão lendo

Sinais de parto iminente

Uma observação próxima indicará quando a égua está se aproximando da hora do parto. Alguns dias antes, o úbere da égua apresenta um inchaço notável. Um sinal de que o parto está para ocorrer dentro de 24 horas quando o leite começar a pingar. A área na base da cauda ficará mole e se tornará esponjosa, e a vulva do animal apresentará uma abertura notável. Enquanto o potro se move para a posição, a conformação da égua vista de trás mudará de larga e esguia para uma conformação mais estreita e baixa.

Fase de preparação

O estágio inicial do parto em si é conhecida como fase de preparação. Este estágio pode durar de alguns minutos a horas e é caracterizado pelo comportamento inquieto da égua. Ela pode andar pelo estábulo e alternar entre a posição deitada ou de pé. Enquanto o parto progride, a égua começa a mordiscar e bater nos flancos. Você poderá notar que o animal levanta e abana a cauda repetidamente. A égua normalmente urina e defeca com frequência durante este estágio. A duração desta fase depende do nível de relaxamento da égua (um animal mais tenso tem um parto mais demorado).

O parto

A bolsa irá se romper, então será expelido um líquido diferente da urina por causa do grande volume. Após o início do estágio de parto, o potro deve nascer entre 20 e 60 minutos, em condições normais. O parto ocorre com a égua deitada de lado. O primeiro sinal do parto é a aparição da membrana branca que forma o saco amniótico. A pata dianteira do potro deve sai primeiro, seguido pelas pernas, o focinho, os ombros e o resto do corpo. O movimento de se debater que o potro faz deve permitir o rompimento do saco, e então o animal poderá respirar.

Passagem da placenta

Quando o potro tiver saído totalmente, ocorre a fase final. A égua descansa por alguns minutos. Presumindo-se que tudo esteja bem e que o potro esteja se movendo, evite interferências neste estágio, quando a placenta está para sair. Tanto o movimento do potro ou o movimento de se levantar da égua causarão a separação da placenta em seu ponto de ruptura natural. O útero da égua continuará a se contrair até que a placenta seja totalmente expelida, o que deve ocorrer dentro de duas horas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível