Experimentos de ciência com bolas de tênis

Escrito por mo mozuch | Traduzido por amanda nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Experimentos de ciência com bolas de tênis
Bolas de tênis são capazes de velocidades superiores a 240 km/h (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

A bola de tênis verde e felpuda atual é muito diferente da aparência de suas precursoras. As bolas originais de tênis eram feitas de couro e estufadas com lã ou pele. Embora as bolas pareçam diferentes, o tênis, como um esporte, era e é tudo sobre física. As bolas de tênis modernas podem ser usadas em uma variedade de experimentos, que examinam os fatores que impactam no quicar das bolas.

Outras pessoas estão lendo

Experimento de energia cinética

Bolas de tênis podem ser usadas em conjunto com esportes maiores, para demonstrar o princípio da energia cinética ou como a energia pode ser transformada entre objetos. Os estudantes seguram uma bola de tênis no topo de uma bola de basquete e as soltam simultaneamente de uma janela ou uma plataforma. Se o posicionamento for feito corretamente, a bola de basquete atingirá o chão primeiro e quicará de volta na bola de tênis, mandando a bola voadora para o alto. O estudante pode fazer múltiplas largadas com outras bolas, de outros esportes, e gravar qual transferiu a maior quantidade de energia para a bola de tênis baseada no quão distante a bola de tênis voou.

O experimento de temperatura

Bolas de tênis podem ser usadas para um experimento que examina o efeito que a temperatura tem na matéria. Os estudantes começam a medir quão alto a temperatura da bola tênis varia, quando largada de certa altura. Depois uma bola de tênis diferente que foi resfriada em um freezer por várias horas é largada, seguida de uma bola de tênis envolvida por uma almofada de aquecimento. As temperaturas de cada bola são gravadas antes de serem soltas. Uma vez que todos os dados forem coletados e gravados, os estudantes podem pesquisar o porquê da reação física das bolas.

Experimento de durabilidade

Outro experimento científico para bolas de tênis envolve testá-las de certa idade contra outras. Estudantes reúnem bolas que foram usadas em 10, 20, 50 ou 100 jogos e medem quão alto elas quicam, comparadas com uma bola de tênis totalmente nova. Os estudantes fazem um gráfico da performance de cada bola usando uma taxa de salto. A taxa de salto é obtida ao dividir a altura do quique da bola pela altura a que ela foi lançada.

Experimento de dureza

Nesse experimento, os estudantes estão testando como a dureza da borracha impacta na performance da bola de tênis. Os estudantes devem primeiro pesquisar as diferenças entre as marcas da bola de tênis e selecionar um intervalo delas para testar. As bolas são numeradas e passam por dois testes. No primeiro teste, os estudantes medem quão alto cada bola quica quando soltas de uma altura específica. O segundo teste mede quão longe as bolas viajam quando atiradas por um lançador de bolas de tênis. Os estudantes analisam os dados, para determinar qual afeta a rigidez na performance de uma bola de tênis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível