Como fazer um Fast Fourier Transform (FFT) no Microsoft Excel

Escrito por laura jean holton Google | Traduzido por elton alves ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um Fast Fourier Transform (FFT) no Microsoft Excel
Análise FFT revisa freqüência do sinal (Comstock/Comstock/Getty Images)

Fast Fourier Transform, ou FFT, é a maneira mais simples de distinguir as frequências de um sinal. Use o processo para transmissões de celular e Wi-Fi, comprimir arquivos de áudio, imagem e vídeo, e para resolver equações diferenciais. O Microsoft Excel inclui o FFT como parte de sua ferramenta de análise de dados, que fica desativada por padrão. Para produzir um gráfico que mostre as frequências de um sinal, é necessário ativar primeiro a Ferramenta de Análise, pois o processo envolve o uso de algoritmos numerosos para matemática complexa.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    FFT

  1. 1

    Ative a ferramenta caso ainda não tenha feito isso. Clique no botão "Office", e em seguida escolha "Opções". Clique em "Suplementos," destaque "Ferramentas de Análise", e clique em "Ir". Destaque "Ferramentas de Análise", uma segunda vez, e então clique em "OK".

  2. 2

    Abra o Excel e crie um novo arquivo de planilha. Adicione o título "Tempo" para a coluna A, seguido pelos títulos "dados", "Freqüência FFT", "FFT Complexo" e "Magnitude FFT" para as colunas B a E respectivamente.

  3. 3

    Introduza os dados de suas amostras na coluna de dados. Anote o número de pontos de dados e taxa de amostragem utilizada.

  4. 4

    Escreva o tempo que cada ponto de dados levou na coluna Tempo. Determine isso dividindo o tempo total pelo número de pontos.

  5. 5

    Abra o guia "Dados" e selecione "Análise de Dados". Selecione a opção "Análise de Fourier" e clique em "OK". Defina o intervalo de entrada com as informações da coluna de dados e o de saída com a coluna FFT Complexo.

  6. 6

    Digite a equação "= IMABS (E2)" na primeira célula da coluna Magnitude FFT. Arraste a equação para baixo para preencher cada célula da coluna. Esta equação cria números reais, em vez de números complexos, na coluna anterior.

  7. 7

    Preencha a coluna F com os dados correspondentes da coluna A, pontue menos um. Crie uma célula separada com a equação "=(S/2)/(N/2)," substituindo "S" pela taxa de amostragem e "N", pelo número de amostras.

  8. 8

    Digite a equação "= F2*SG$4" na primeira célula da coluna de Frequência FFT. Desta vez, arraste a equação somente até a metade da coluna.

  9. 9

    Crie um gráfico utilizando a coluna Magnitude FFTpara o eixo y e a coluna Frequência FFTpara o eixo x. O gráfico mostra as frequências dominantes como picos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível