on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Como fermentar vinho em garrafas PET de refrigerantes

Atualizado em 10 abril, 2017

Os vinhos têm duas fases de fermentação. Durante a primeira fase, gera-se uma grande quantidade de gases conforme a levedura consome o açúcar e, para que esse processo ocorra de forma eficaz, o mosto (composto pela mistura de suco, açúcar, levedura e água) precisa ficar exposto ao ar livre. Deixar o líquido dentro de um balde plástico coberto com papel filme permite que o oxigênio entre e o dióxido de carbono seja liberado ao mesmo tempo, impedindo que os microorganismos que estragam o vinho entrem no recipiente. Depois do tempo especificado na receita, geralmente de três a cinco dias, as garrafas de plástico podem ser utilizadas para guardar o vinho durante a segunda fase da fermentação.

Instruções

A segunda fase de fermentação do vinho pode ocorrer dentro de garrafas PET (red wine image by Maria Brzostowska from Fotolia.com)
  1. Verta o mosto do balde para as garrafas PET de refrigerante higienizadas e livres de cheiros utilizando um sifão. Evite verter o sedimento depositado no fundo do balde.

    Loading...
  2. Coloque as válvulas airlock nos furos das rolhas de borracha.

  3. Insira as rolhas nos bocais das garrafas.

  4. Encha a válvula airlock com água até na metade e encaixe a rolha de novo. A água cria uma barreira, permitindo o escape dos gases produzidos pela fermentação, que serão reduzidos desde a fase inicial até serem liberados, mas bloqueando a entrada de agentes contaminantes.

  5. Permita que o vinho fermente durante o período de tempo especificado na receita em um lugar aquecido e pouco iluminado. A temperatura desse espaço deve variar entre 20 a 25 °C.

  6. Volte a colocar o vinho na garrafa. Evite verter o sedimento depositado no fundo, e utilize uma tubulação de plástico de grau alimentício para extrair o vinho das garrafas de fermentação para duas garrafas PET de refrigerante higienizadas.

  7. Despeje um tablete de metabissulfito de sódio em cada garrafa. Quando molhados, esses tabletes liberam dióxido de enxofre, que esteriliza o vinho, ajudando a manter a cor e cessando o processo de fermentação, porém não prejudica seu sabor. Coloque rolhas nas garrafas e deixe o líquido envelhecer pelo período de tempo recomendado na receita que você está seguindo.

Loading...

Dicas

  • As válvulas airlock e as rolhas de borracha de vários tamanhos são vendidas em lojas de vinhos e, em média, custam aproximadamente R$ 5. Se uma rolha for muito grande, reduza seu tamanho desbastando-a com uma faca afiada. Os preços das tubulações de plástico variam conforme os modelos, mas a maioria custa em torno de R$ 23. Você mesmo poderá construir todos esses acessórios. Para saber como, digite "faça você mesmo válvulas airlock, rolhas de borracha ou sifões" em um buscador.

Aviso

  • De acordo com E. C. Kraus, fornecedor de acessórios utilizados no processo de produção de vinho, a crença de que o vinho deva ficar privado de ar durante a fase inicial da fermentação é um equívoco comum. Durante essa fase, é produzido mais dióxido de carbono do que aquele que uma válvula airlock pode suportar.
  • Brewery Lane menciona que algumas pessoas reclamam que o sabor do vinho armazenado em garrafas de plástico é de qualidade inferior e não deve ser armazenado nelas por mais do que doze meses.

O que você precisa

  • 4 L de mosto
  • 4 garrafas PET de 2 L higienizadas
  • 2 válvulas airlock
  • 2 rolhas de borracha
  • Sifão
  • 2 tabletes de metabissulfito de sódio

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...