Como fortalecer o músculo do esôfago que causa hérnia hiatal

Escrito por laura shapiro | Traduzido por lucas beuter
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fortalecer o músculo do esôfago que causa hérnia hiatal
A hérnia hiatal causa dores fortes no estômago (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A hérnia de hiato ocorre quando parte do estômago é empurrado para cima através de uma pequena abertura (hiato) em seu diafragma. Isso pode ocorrer quando o tecido que circunda a abertura torna-se fraco. Se a hérnia for pequena, você nem sequer perceberá que tem. Mas se for grande, você pode sofrer de azia e refluxo gastroesofágico (DRGE). Na doença do refluxo, o esfíncter esofágico inferior relaxa enquanto o resto do esôfago está funcionando. O fortalecimento da musculatura do esôfago, especificamente o mencionado, pode reduzir os sintomas da DRGE.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Instruções

  1. 1

    Ajuste sua dieta. Reduza ou elimine a ingestão de bebidas alcoólicas, café, açúcar, cebola, chocolate, pimenta e hortelã, todos os quais podem enfraquecer o esfíncter esofágico inferior.

  2. 2

    Consulte o seu médico sobre certos medicamentos que enfraquecem o esfíncter esofágico inferior. Broncodilatadores, bloqueadores dos canais de cálcio, beta-bloqueadores, medicamentos antiansiedade, medicamentos anti-inflamatórios não-esteroides e nitroglicerina relaxam os músculos ao redor do esfíncter esofágico inferior. Se estiver tomando esses medicamentos como tratamento para outras doenças, verifique com seu médico sobre alternativas.

  3. 3

    Considere procinéticos. A prescrição de medicamentos procinéticos, tais como betanecol (Urecholine) e metoclopramida (Reglan) ajudam a fortalecer o esfíncter esofágico inferior.

  4. 4

    A cirurgia de Fundoplicatura Nissen é outra opção. Nesse procedimento, a parte superior do estômago é enrolada em torno do esfíncter esofágico inferior para fortalecê-lo, impedindo o refluxo ácido e corrigindo a hérnia hiatal. Ela pode ser realizada como uma cirurgia aberta, ou como uma cirurgia minimamente invasiva chamada de cirurgia laparoscópica. No primeiro caso, uma incisão de cerca de 20 cm é feita no abdômen. No segundo caso, um telescópio fino, ligado a uma câmera de vídeo, é inserido através de incisões de 1 cm, no abdômen. Tipicamente, os pacientes ganham alta de quatro a sete dias após a cirurgia aberta, e no primeiro ou no segundo dia após a cirurgia laparoscópica.

  5. 5

    Outra técnica é a cirurgia endoscópica. Certos procedimentos cirúrgicos endoscópicos permitem ao cirurgião dar pontos no esfíncter esofágico inferior para criar pregas que podem ajudar a fortalecer o músculo. Outro tipo utiliza eletrodos para criar pequenas queimaduras no músculo. Depois de curada as queimaduras, o tecido da cicatriz ajuda a endurecer o músculo.

Dicas & Advertências

  • Discuta todas as opções de reforço do seu esfíncter esofágico inferior com seu médico primeiramente.
  • Leva-se uma a duas semanas para voltar à plena atividade após o procedimento por via laparoscópica Nissen e de quatro a seis semanas após a cirurgia aberta. Medicação que reduz a acidez é geralmente prescrita por cerca de duas semanas após a cirurgia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível