Como fotografar no modo manual em ambientes fechados

Escrito por brandon getty | Traduzido por luana ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fotografar no modo manual em ambientes fechados
Faça uso da luz disponível quando fotografar retratos em ambientes fechados (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Embora os modos automático e com prioridade do obturador deixem o fotógrafo iniciante feliz, a maioria dos profissionais escolhe o modo manual. Simbolizada pela letra "M" no seletor da sua DSLR, o modo manual de fotografia permite-lhe controlar todos os aspectos do processo fotográfico, incluindo o tamanho da abertura de sua lente, velocidade do obturador, sensibilidade do sensor e compensação de exposição. A transição para o controle totalmente manual pode ser confuso, especialmente quando fotografar retratos em ambientes fechados e com pouca luz. Aprenda algumas técnicas básicas para melhorar suas habilidades de fotografia.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure por uma luz que esteja disponível. A luz difusa que atravessa uma cortina de janela irá fornecer iluminação suficiente para uma foto apropriada, além de favorecer a maioria dos tons de pele. Uma lâmpada fraca ou o brilho de uma lareira também pode adicionar um bom clima para o retrato final.

  2. 2

    Posicione a modelo em frente à fonte de luz. Dirija a modelo conforme necessário para atingir o efeito desejado. Por exemplo, para cobrir um lado do rosto dela na sombra, faça-a virar parcialmente longe da fonte de luz. Olhe uma vez ou outra pelo visor de sua câmera para ver como o retrato ficará.

  3. 3

    Altere a sensibilidade de seu sensor, ou ISO, para 200. Esta sensibilidade permitirá velocidades razoavelmente rápidas do obturador e proporcionará uma imagem resultante com pouco, ou nenhum, borrão perceptível. Se estiver escuro, aumente o ISO para 400. Quanto maior o seu ISO, mais rápidas serão as velocidades disponíveis no seu obturador.

  4. 4

    Expanda a sua abertura ou o tamanho da abertura da sua lente. Uma configuração como f/2, f/2,8 ou f/4, permite que a luz disponível alcance o sensor rapidamente enquanto retira o foco do fundo, para enfatizar a modelo. A suavidade criada no fundo e nas bordas do quadro, funciona bem em retratos com pouca luz.

  5. 5

    Selecione uma velocidade do obturador que lhe permita segurar a câmera na mão sem tremer, fazendo com que uma quantidade suficiente de luz chegue ao sensor. Em geral, qualquer velocidade que seja mais rápida do que a distância focal da sua lente será adequada. Por exemplo, se estiver fotografando com uma lente de 50 mm, qualquer obturador com velocidade de 1/60 ou mais rápida, produzirá uma imagem bem definida. A maior parte da iluminação em ambientes fechados pede uma velocidade de 1/30 para 1/25 de um segundo, dependendo do ISO selecionado.

  6. 6

    Ajuste a definição de balanço de brancos da sua câmara. Se estiver utilizando uma lâmpada para iluminar o ambiente interno, selecione a opção de Tungstênio ou Interior. Se estiver utilizando a luz ambiente, selecione a opção Sombra ou Nublado.

  7. 7

    Tire várias fotos de teste e veja os resultados na tela LCD da câmera. Se necessário, ajuste a compensação da fotografia para clarear ou escurecer as fotos.

  8. 8

    Experimente diferentes tipos de iluminação para retratos especiais. Combinar uma lâmpada fraca com a luz de uma janela próxima, muitas vezes fornece belos resultados.

Dicas & Advertências

  • Como DSLRs variam em tipo de construção e função, este artigo destina-se para fins de referência. Leia o manual do proprietário cuidadosamente para instruções detalhadas sobre como alterar os modos de disparo, ajustar a abertura e a velocidade do obturador, e realizar a compensação da fotografia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível