Como funciona o Touchpad?

Escrito por shawn m. tomlinson | Traduzido por andressa de melo santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como funciona o Touchpad?
Touchpad (evgenyatamanenko/iStock/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

História

Quando os laptops chegaram ao mercado, a maioria tinha um rollerball, basicamente um mouse invertido, para controlar os movimentos na tela. Os mouses tinham um sistema interno de rolos direcionais que ficavam na parte de baixo em contato com o rollerball principal, que dizia aos sensores pra qual direção mover o cursor. O trackball reverteu isso ao expor a bola, com um ou dois botões onde o polegar podia se apoiar. O problema era que a bola não era muito precisa. Algo devia ser feito. O touchpad foi criado por George E. Gerpheid em 1988. Os designers de computadores da Apple Computer decidiram usar o design e o licenciou de Gerpheide. O primeiro touchpad apareceu no Macintosh Powerbook 190 em 1995.

Fundamentos

O touchpad permite aos seus usuários deslizar seus dedos para a direção que desejam que o ponteiro do mouse vá. Ele faz isso ao sentir a pressão exercida pelo dedo ao longo de uma rede de elétrodos verticais e horizontais logo abaixo da superfície da "pele". A corrente alternada percorre elétrodos até os circuitos. Estes conferem a capacidade de ambas as camadas de rede contra cada uma. Isto determina onde o ponteiro está e para onde ele deve mover. É um tipo de versão eletrônica da triangulação na qual o touchpad tem que realizar movimentos tridimensionais, imaginando onde seu dedo está e para onde irá, e assim traduzir isto em movimentos bidimensionais do ponteiro na tela.

Inovações

Desde que o touchpad original foi apresentado ao público pela Apple, muitas inovações foram implementadas. O touchpad tornou-se mais sensível com o passar dos anos, mas, até recentemente, colocar mais de um dedo ao mesmo tempo confundia os circuitos e impedia o ponteiro de mover. A Apple introduziu um novo touchpad o qual permite ao usuário clicar diretamente nele, além de permitir ao usuário se deslocar rapidamente, rodar ou ampliar fotos ou usar três dedos para percorrer uma biblioteca.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível