Como funcionam os pisca-piscas

Escrito por keith evans Google | Traduzido por leonardo de azevedo prado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como funcionam os pisca-piscas
Os pisca-piscas de natal utilizam lâmpadas especiais (Siri Stafford/Photodisc/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

As luzes são circuitos elétricos

Independente de funções adicionais, as luzes são simples circuitos elétricos. Ao ser exposta a uma fonte de energia, a eletricidade flui a partir dela através de um fio, passando pela lâmpada e retornando ao aterramento. Enquanto a corrente de energia flui através da lâmpada, ela atravessa uma seção especial do fio chamada de filamento. Esse filamento é resistente à corrente elétrica, e tal resistência o faz brilhar e produzir calor. Dependendo de como a luz está sendo aplicada, o fluxo de eletricidade pode ser controlado por um interruptor capaz de interrompê-lo. Essa interrupção significa que o fluxo de energia foi cortado e que a lâmpada não será mais iluminada.

Como funcionam os pisca-piscas
Um circuito elétrico pode ser interrompido por um interruptor (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Tiras bimetálicas

Para fazer a luz piscar, os fabricantes utilizam um tipo específico de filamento conhecido como tira bimetálica. Assim como os filamentos normais, essas tiras são resistentes à eletricidade e brilham quando a energia passa por elas. Entretanto, o aquecimento dessas tiras faz com que elas se dobrem, quebrando o circuito elétrico e fazendo a luz se apagar. Quando as tiras resfriam e se desdobram, a corrente será retomada. Ou seja, essa ação de ligar e desligar a corrente cria o efeito piscante. A velocidade dessas piscadas pode ser ajustada através da utilização de tipos diferentes de tiras bimetálicas.

As tiras podem controlar a luz

As mesmas tiras bimetálicas que causam o apagamento e o acendimento da luz também podem ser utilizadas para controlá-las. Uma das aplicações mais conhecidas de tiras bimetálicas são as sequências de lâmpadas utilizadas nas festas de fim de ano, os pisca-piscas. Nesse tipo de aplicação, um tipo específico de tiras bimetálicas interrompe o fluxo de eletricidade não só de uma lâmpada, mas de toda a sequência. Quando as tiras resfriam, as luzes acendem novamente. A mesma aplicação acontece em outros tipos de lâmpadas piscantes, onde adiciona-se um componente especial, que também contém tiras bimetálicas, chamado "relay". Quando as tiras do relay se dobram, a lâmpada (que pode ser automotiva ou até mesmo um holofote de avião) se apaga e depois acende.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível