Como germinar sementes em uma estufa com vasos Jiffy

Escrito por bobbi keffer | Traduzido por wanderson david
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como germinar sementes em uma estufa com vasos Jiffy
Os vasos Jiffy são feitos de matéria orgância comprimida (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

Os vasos Jiffy são biodegradáveis, feitos de turfa e foram criados em 1943 por uma empresa norueguesa. Atualmente, os produtos Jiffy são conhecidos como líderes em tecnologia de germinação de sementes e variam de vasos de 5 cm à estufas inteiras. Independente do produto, germinar sementes em casa usando um vaso Jiffy continua sendo a mesma coisa — boas sementes e uma boa terra ajudam no desenvolvimento de plântulas prontas para o transplante ao jardim assim que o tempo estiver favorável, sendo que o recipiente pode ser plantado junto à planta.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Mistura de plantio para germinar sementes
  • Sementes
  • Água

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Coloque os vasos de turfa em um produto de estufa comercial Jiffy, conforme as instruções da embalagem.

  2. 2

    Encha-os até a borda com mistura de plantio de qualidade para germinar sementes. Essa é uma mistura leve que permite o crescimento fácil das raízes, geralmente consistindo de adubo, turfa e um agente para ajudar a reter a água, como a perlita.

  3. 3

    Plante as sementes conforme as instruções da embalagem, na época recomendado antes da geada. Sempre adquira sementes embaladas durante sua estação de crescimento em uma loja de confiança. Siga todas as instruções para obter os melhores resultados. Diferentes plantas possuem necessidades de plantio diferentes, incluindo espalhar as sementes pela superfície da terra, introduzi-las nela, deixá-las de molho em água quente durante a noite ou até a escarificação — riscar ou quebrar a casca grossa de algumas sementes. Apenas germine aquelas que são recomendadas para serem germinadas dentro de casa, pois algumas plantas não toleram o transplante.

  4. 4

    Para regá-las, despeje a água entre os vasos de turfa e deixe-os absorvê-la até ficarem úmidos.

  5. 5

    Recoloque a tampa da estufa para criar um ambiente quente e úmido, parecido com as condições do final da primavera após o risco de geadas.

  6. 6

    Coloque a estufa em uma janela que receba bastante sol, assim que as plântulas começarem a germinar. Mantenha a tampa fechada sempre que possível até elas atingirem a superfície. Quando isso ocorrer, comece a deixar os vasos secar entre as regas para forçá-las a desenvolverem um forte sistema de raiz. Vire a estufa, se necessário, para prevenir que as plântulas se inclinem para alcançar o sol.

  7. 7

    Traga as plântulas para fora de casa durante o dia, após os riscos de geada, por alguns dias e durante a noite, antes do transplante. Esse procedimento ajudará a planta a se adaptar com as condições fora de casa para evitar um choque durante o transplante.

  8. 8

    Para transplantá-las, coloque todo o vaso Jiffy no solo, seguindo as recomendações de espaçamento. Já será possível visualizar algumas raízes sobressaindo pelo material biodegradável.

Dicas & Advertências

  • Uma estufa pode ser feita colocando os vasos Jiffy em um recipiente raso como uma forma de bolo e usando um embrulho plástico como uma tampa.
  • Nunca use a terra do jardim para germinar as sementes dentro de casa. Sua consistência é muito forte e poderá acabar trazendo pestes e doenças para as plântulas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível