×
Loading ...

Como incluir seus meio-irmãos na árvore genealógica

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Uma árvore genealógica é a representação de sua história familiar. Uma família misturada, com membros não relacionados ao mesmo sangue, pode fazer com que a árvore se torne um desafio se você não tiver certeza de onde colocá-los. Você tem opções para acrescentá-los de uma maneira que eles se sentirão queridos e inclusos na família. Só é preciso papel e caneta para começá-la, a fim de criar uma árvore genealógica que seja uma representação verdadeira de sua família.

Instruções

Incluir sua família adotiva e irmãos na árvore genealógica fará com que eles se sintam inclusos (family tree image by Judy Ben Joud from Fotolia.com)
  1. Escreva seu primeiro e último nome no centro do papel. Você será o centro da árvore genealógica. Inclua a data e o local do seu nascimento sob seu nome. Se quiser, você pode usar um modelo de árvore. Esses modelos estão disponíveis na internet.

    Loading...
  2. Em seguida, acrescente as informações de seus pais. Eles estarão localizados acima de você, seu pai ao lado esquerdo e sua mãe à direita. Acrescente a data e o local do casamento. Se forem divorciados, inclua essa informação abaixo. Se um deles já faleceu, inclua a data do óbito e o local do enterro. Desenhe linhas semelhantes a balizas, a fim de ligar você a seus pais. Se eles voltaram a se casar, desenhe uma linha na outra lateral do seu pai ou mãe, e acrescente a data e local de nascimento do seu padrasto ou madrasta, e quando ocorreu o casamento.

  3. Acrescente os meio-irmãos, se houver. Para incluí-los, desenhe linhas de sua mãe e padrasto para essa criança. Como vocês não são consanguíneos, não desenhe uma linha sua conectando-o a ele.

Loading...

O que você precisa

  • Caneta ou lápis
  • Notebook

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...