Inspirado pela cor: criando com matizes de azul

Escrito por georgann yara | Traduzido por débora moraes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail

Trazendo o azul para casa: um tom com apelo global

Inspirado pela cor: criando com matizes de azul
Azul pode ser a cor da felicidade no lar (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Eu uso o azul em móveis para dar um toque especial, ou no estofado de uma cadeira em um ambiente. Eles são usados com frequência como peças-chave que prendem a atenção quando o espaço é neutro.

— Alene Workman, fundadora da Alene Workman Interior Design

Éum estado de espírito que preferimos não ter e um gênero de música que nem todos apreciam mas, quando se trata de cores, o azul está no topo na escala de popularidade. A cor, que está associada a qualidades calmantes e sensações refrescantes, foi tida como a favorita em todos os 17 países que participaram de uma pesquisa conduzida por três empresas globais de publicidade, de acordo com a Cheskin, uma empresa de consultoria e publicidade sediada nos Estados Unidos. Se você está entre os fãs desta cor e não se importaria de ir para uma moradia com o tema do 'blues', há maneiras de fazê-lo sem exageros.

Pinte a casa de azul

Não importa se você começa com as paredes de um cômodo raramente usado ou com as daquele que é sempre ocupado pela família, é sempre bom lembrar que menos é mais, diz Alene Workman, fundadora da Alene Workman Interior Design, em Hollywood, Flórida.

Para se ter uma ideia de como vai ficar, antes de comprometer as quatro paredes, pinte uma faixa da largura de um metro, do assoalho ao teto, sugere Workman. Quando seus clientes pedem paredes azuis, ela geralmente tinge uma base branca com uma insinuação de azul e vai, gradualmente, controlando a intensidade, ao invés de começar com o azul mais escuro, que pode ser em excesso e difícil de controlar.

Quando a escolha é de um azul mais forte - cobalto, por exemplo, ou marinho - Workman recomenda moderação, usando tais cores em enfeites, ao invés de cobrir toda uma parede.

"Todas as cores fortes em paredes criam um impacto muito maior do que possa ter sido percebido anteriormente", ela diz. "É surpreendente quanto impacto uma parede colorida causa em um cômodo".

Os proprietários que querem criar um estado de espírito específico e não têm dúvida alguma sobre comprometer-se com a cor, tendem a escolher uma versão menos intensa, diz Mindy Miles Greenberg, fundadora da Encore Décor Interior Design of New York. Nestes casos, ela frequentemente vê cômodos inteiros com paredes pintadas com um mesmo tom de azul mais suave.

"Pode ser azul-piscina ou azul-céu mas, devido à natureza pacificadora desta cor, uma quantidade maior dela é melhor do que apenas alguns detalhes", diz Greenberg.

Planejando seu tema de azul

Inspirado pela cor: criando com matizes de azul
Use toques simples para introduzir a cor azul no seu ambiente (Henry Gan/Photodisc/Getty Images)

A grande variedade de tons em uma paleta de cores faz com que seja fácil experimentar com vários deles ao redor de sua casa. Coberturas de assoalho, acessórios e ferragens são alvos fáceis, mas escolher tons que sejam, ao mesmo tempo, frescos e cálidos, ao invés de misturá-los, dá um resultado melhor, diz Debra May Himes, da Debra May Himes Interior Designs & Associates of Chandler, Arizona. Por exemplo, Himes não aconselharia combinar um cálido verde-azulado com um suave azul-noite.

Ao introduzir a cor em sua casa, Himes sugere começar com pequenas peças que não fiquem exageradas no cômodo. Evite, por exemplo, colocar um rack para TV e som na cor azul-bebê na sua casa de campo, um elegante sofá índigo no seu loft contemporâneo, ou um papel de parede azul-royal no seu vestíbulo espaçoso.

Em vez disso, pense em almofadas confortáveis e capas que traduzam a vibração do campo, um tapete que complemente - e não domine - uma sala de estar moderna, e elegantes apetrechos para janelas que proporcionem uma sutil sofisticação.

"Comprometer-se com uma cor forte como o azul para ser usada em móveis ou paredes tornará o proprietário refém deste tom," diz Himes. "Ele pode achar que mudar o esquema de cores - ou, pelo menos, ajustá-lo um pouco - será muito mais barato e mais fácil de se fazer."

Workman combina um tapete personalizado com almofadas do mesmo tom de azul para acentuar este matiz em um cômodo. Maneiras mais sutis de se fazer isso incluem trabalhos de arte, trabalhos em madeira pintada, roupas de cama ou uma cabeceira acolchoada.

Garantir que haja conexão em todos os cômodos é a chave para se criar um fluxo, de modo que os olhos possam captá-la, diz Workman.

"Com frequência, em um plano aberto, a cor deve ser consistente ou ter alguma relação com as áreas adjacentes," ela diz. "Isto pode ser feito com sutileza, de modo que a cor não seja dominante, mas o tom seja repetido."

Mais maneiras criativas de introduzir o azul

Se você quer dar um passo mais arrojado e abraçar seu afeto pelos tons de azul, fazer deles o centro das atenções, é um conceito que pode funcionar na maioria das áreas onde os tons ao redor e a decoração sejam neutros.

"Eu uso o azul em móveis para dar um toque especial, ou no estofado de uma cadeira em um cômodo," diz Workman. "Eles são usados com frequência como peças-chave que prendem a atenção quando o espaço é neutro."

Outra maneira de introduzir o azul de forma menos óbvia, é colocando esta cor acima da altura dos olhos.

"Uma forma criativa de acrescentar o azul em qualquer ambiente é cobrir o teto com papel de parede neste tom para se parecer com o céu," diz Greenberg.

No meio da coordenação de cores, é fácil se esquecer de usar texturas e tecidos interessantes e combiná-los com outras cores. Divirta-se com a abordagem da técnica mista.

"Azul vai muito bem com listras brancas, amarelas e em tecidos de linho," diz Greenberg.

Workman gosta de "azul suave que funciona bem como textura de parede, como as que imitam palha ou papel de seda texturizado."

Pequenos e fáceis reparos utilizando a cor azul podem ser inspirados em itens que você já possui: mude uma base de abajur, uma moldura de quadro, ou coloque algumas flores azuis em um vaso para dar um toque pop.

Com coordenação e criatividade, conseguir um lar-doce-lar em azul não é nada depressivo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível